Novas receitas

Jack in the Box cozinha 'Munchie Meals' para os maconheiros da Califórnia

Jack in the Box cozinha 'Munchie Meals' para os maconheiros da Califórnia

A maconha recreativa será legal em 1º de janeiro, e Jack in the Box está comemorando

Tempo de sonhos

Jack in the Box está se preparando para dominar o mercado de maconheiros da Califórnia.

O uso recreativo de maconha será legal na Califórnia a partir de 1º de janeiro, e muitas empresas estão prontas para isso. A Rebel Coast Winery da Califórnia começará a vender vinho com infusão de maconha naquele dia, e Jack in the Box vai até começar a vender “Merry Munchie Meals” cheios de salgadinhos gordurosos projetados especificamente para pessoas que estão do alto em maconha.

Um estudo recente indicou que as pessoas que fumam maconha preferem o McDonald's a outras opções de fast-food, mas o Jack in the Box está fazendo um movimento para mudar tudo isso. De acordo com o New York Post, Jack in the Box está criando esses novos Munchie Meals como parte de uma parceria com o site de estilo de vida com tema de maconha de Snoop Dogg, Merry Jane, e eles são projetados especificamente para atrair os maconheiros. As refeições incluem tacos, cinco mini churros, três tiras de frango crocantes, um lado que é metade batata frita e metade rodelas de cebola e uma bebida. A coisa toda custa $ 4,20, é claro.

“Estamos prestes a receber todos os nossos convidados, não importa o que eles desejam ou por que desejam”, disse Iwona Alter, executiva de marketing do Jack in the Box, que disse que o Munchie Meal deve ser ótimo para qualquer pessoa “seja você” está em um show, até tarde jogando videogame ou passando a noite inteira. ”

Os Munchie Meals são uma celebração por tempo limitado da legalização da maconha e só estarão disponíveis de 18 a 25 de janeiro em três locais específicos do Jack in the Box na Califórnia. Depois que eles acabarem, os maconheiros do mundo terão apenas que continuar pedindo seus lanches gordurosos de fim de noite do menu regular como todo mundo. Para quem pode estar procurando, por qualquer motivo, aqui está uma lista das melhores pizzas em cada estado.


3 Long Beach Jack in the Boxes testará refeições noturnas destinadas a fumantes de maconha

Aproveitando a legalização da maconha na Califórnia em 2018, Jack in the Box está testando um novo pacote de refeição tarde da noite em Long Beach que visa satisfazer os desejos pós-maconha. Está em parceria com Merry Jane, empresa de mídia digital apoiada pelo rapper de Long Beach Snoop Dogg, para apresentar uma nova oferta de menu, o MERRY Munchie Meal, voltado diretamente para os entusiastas da cannabis. A empresa com sede em San Diego se tornará a primeira rede nacional de restaurantes a visar explicitamente o mercado emergente de maconha legal.

A nova refeição estará disponível de 18 a 25 de janeiro em três locais de Long Beach pelo preço tão inteligente de US $ 4,20:

A partir das 6h de 1º de janeiro, a Califórnia se tornará o quinto estado a permitir que lojas licenciadas vendam maconha a qualquer pessoa com uma identificação que mostre que tem 21 anos ou mais & # 8212, assim como comprar álcool em um bar ou loja de bebidas. Isso significa que as recomendações do médico para a maconha medicinal não serão mais necessárias para fazer uma compra nessas lojas.

A implicação da nova campanha é que a Jack in the Box, que indiretamente comercializou suas refeições noturnas para os chamados maconheiros, espera conquistar um novo conjunto de consumidores que estão dando uma chance ao cigarro recreativo pela primeira vez.

A mudança faz sentido para quem conhece a empresa. Não é nenhum segredo que Jack in the Box há muito tempo é popular entre as pessoas que estão ... bem, vamos apenas dizer que estão alteradas.

“As pessoas bêbadas e / ou chapadas adoram a bagunça gordurosa, encharcada e meio nojenta que é o taco Jack in the Box - e a empresa está mais do que feliz em atrair esses clientes embriagados”, afirmou o Business Insider em um artigo de janeiro de 2017 sobre o fenomeno.

Os números parecem apoiar essa afirmação (embora, caramba, BI seja um pouco difícil para o produto). A Foursquare, uma empresa que mede os hábitos do consumidor, relata que 17 por cento dos clientes da Jack in the Box vão a um dos 2.200 restaurantes animados da rede nos Estados Unidos entre 22h00 e 4 da manhã. Essa é a segunda maior porcentagem de visitas noturnas no setor, superada apenas pelo Castelo Branco, que há muito tempo é conhecido (e celebrado por Hollywood) como o destino preferido dos maconheiros para os maconheiros.

Jack in the Box disse que o MERRY Munchie Meal inclui alguns dos itens de menu mais desejados da rede & # 8217s em uma caixa: Halfsies (½ batata frita e ½ rodelas de cebola) dois tacos, cinco mini churros, 3 tiras de frango crocantes e um uma pequena bebida. O preço é 80 centavos menos do que um menu de valor rival oferecido pela Taco Bell, de Irvine.

“O lançamento do MERRY Munchie Meal é a maneira perfeita de reconhecer a cultura da cannabis em nosso estado de origem compartilhada da Califórnia,” Scott Chung, Diretor de Operações da MERRY JANE, disse em um comunicado.

Jack in the Box poderia usar um impulso, já que seu maior rival, o McDonald’s, viu um aumento nas vendas. A maior rede de hambúrgueres do mundo aumentou o tráfego de pedestres com lojas reformadas, café da manhã o dia todo e maior inovação de produtos.

Alguns na indústria da cannabis veem a estratégia de marketing da Jack in the Box como parte de uma tendência maior e inevitável.

& # 8220 Não acho que seja apenas a América corporativa que está se tornando mais confortável com a maconha & # 8212 A América está se tornando mais confortável ”, disse Daniel Yi, vice-presidente de comunicações corporativas da MedMen, uma das maiores empresas do mercado emergente de maconha indústria. “Todos os números indicam isso. As pesquisas mostram um número recorde de americanos a favor da legalização da maconha. Agora temos 29 estados com cannabis legalizada. A tendência está claramente aí. ”

Embora Yi espere que outras empresas façam aberturas mais sérias para a indústria da cannabis, ele entende a lógica da abordagem despreocupada de Jack in the Box & # 8217.

& # 8220Faz sentido para Jack in the Box ser irônico. Esse é o estilo deles. Há espaço para todos jogarem neste novo mundo. & # 8221


3 Long Beach Jack in the Boxes testará refeições noturnas destinadas a fumantes de maconha

Aproveitando a legalização da maconha na Califórnia em 2018, Jack in the Box está testando um novo pacote de refeição tarde da noite em Long Beach que visa satisfazer os desejos pós-maconha. Está em parceria com Merry Jane, empresa de mídia digital apoiada pelo rapper de Long Beach Snoop Dogg, para apresentar uma nova oferta de menu, o MERRY Munchie Meal, voltado diretamente para os entusiastas da cannabis. A empresa com sede em San Diego se tornará a primeira rede nacional de restaurantes a visar explicitamente o mercado emergente de maconha legal.

A nova refeição estará disponível de 18 a 25 de janeiro em três locais de Long Beach pelo preço tão inteligente de US $ 4,20:

A partir das 6h de 1º de janeiro, a Califórnia se tornará o quinto estado a permitir que lojas licenciadas vendam maconha a qualquer pessoa com uma identificação que mostre que tem 21 anos ou mais & # 8212, assim como comprar álcool em um bar ou loja de bebidas. Isso significa que as recomendações do médico para a maconha medicinal não serão mais necessárias para fazer uma compra nessas lojas.

A implicação da nova campanha é que a Jack in the Box, que indiretamente comercializou suas refeições noturnas para os chamados maconheiros, espera conquistar um novo conjunto de consumidores que estão dando uma chance ao cigarro recreativo pela primeira vez.

A mudança faz sentido para quem conhece a empresa. Não é nenhum segredo que Jack in the Box há muito tempo é popular entre as pessoas que estão ... bem, vamos apenas dizer que estão alteradas.

“As pessoas bêbadas e / ou chapadas adoram a bagunça gordurosa, encharcada e meio nojenta que é o taco Jack in the Box - e a empresa está mais do que feliz em atrair esses clientes embriagados”, afirmou o Business Insider em um artigo de janeiro de 2017 sobre o fenomeno.

Os números parecem apoiar essa afirmação (embora, caramba, BI seja um pouco difícil para o produto). A Foursquare, uma empresa que mede os hábitos do consumidor, relata que 17% dos clientes da Jack in the Box vão a um dos 2.200 restaurantes animados da rede nos Estados Unidos entre 22h e 4 da manhã. Essa é a segunda maior porcentagem de visitas noturnas no setor, superada apenas pelo Castelo Branco, que há muito é conhecido (e celebrado por Hollywood) como o destino preferido dos maconheiros para os maconheiros.

Jack in the Box disse que o MERRY Munchie Meal inclui alguns dos itens de menu mais desejados da rede & # 8217s em uma caixa: Halfsies (½ batata frita e ½ rodelas de cebola) dois tacos, cinco mini churros, 3 tiras de frango crocantes e um uma pequena bebida. O preço é 80 centavos menos do que um menu de valor rival oferecido pela Taco Bell, de Irvine.

“O lançamento do MERRY Munchie Meal é a maneira perfeita de reconhecer a cultura da cannabis em nosso estado natal compartilhado da Califórnia”, disse Scott Chung, diretor de operações da MERRY JANE, em um comunicado.

Jack in the Box poderia usar um impulso, já que seu maior rival, o McDonald’s, viu um aumento nas vendas. A maior rede de hambúrgueres do mundo aumentou o tráfego de pedestres com lojas reformadas, café da manhã o dia todo e maior inovação de produtos.

Alguns na indústria da cannabis veem a estratégia de marketing da Jack in the Box como parte de uma tendência maior e inevitável.

& # 8220 Não acho que seja apenas a América corporativa que está se tornando mais confortável com a maconha & # 8212 A América está se tornando mais confortável ”, disse Daniel Yi, vice-presidente de comunicações corporativas da MedMen, uma das maiores empresas do mercado emergente de maconha indústria. “Todos os números indicam isso. As pesquisas mostram um número recorde de americanos a favor da legalização da maconha. Agora temos 29 estados com cannabis legalizada. A tendência está claramente aí. ”

Embora Yi espere que outras empresas façam aberturas mais sérias para a indústria da cannabis, ele entende a lógica da abordagem despreocupada de Jack in the Box & # 8217.

& # 8220Faz sentido para Jack in the Box ser irônico. Esse é o estilo deles. Há espaço para todos jogarem neste novo mundo. & # 8221


3 Long Beach Jack in the Boxes testará refeições noturnas destinadas a fumantes de maconha

Aproveitando a legalização da maconha na Califórnia em 2018, Jack in the Box está testando um novo pacote de refeição tarde da noite em Long Beach que visa satisfazer os desejos pós-maconha. Está em parceria com Merry Jane, empresa de mídia digital apoiada pelo rapper de Long Beach Snoop Dogg, para apresentar uma nova oferta de menu, o MERRY Munchie Meal, voltado diretamente para os entusiastas da cannabis. A empresa com sede em San Diego se tornará a primeira rede nacional de restaurantes a visar explicitamente o mercado emergente de maconha legal.

A nova refeição estará disponível de 18 a 25 de janeiro em três locais de Long Beach pelo preço tão inteligente de US $ 4,20:

A partir das 6h de 1º de janeiro, a Califórnia se tornará o quinto estado a permitir que lojas licenciadas vendam maconha a qualquer pessoa com uma identificação que mostre que tem 21 anos ou mais & # 8212, assim como comprar álcool em um bar ou loja de bebidas. Isso significa que as recomendações do médico para a maconha medicinal não serão mais necessárias para fazer uma compra nessas lojas.

A implicação da nova campanha é que a Jack in the Box, que indiretamente comercializou suas refeições noturnas para os chamados maconheiros, espera conquistar um novo conjunto de consumidores que estão dando uma chance ao cigarro recreativo pela primeira vez.

A mudança faz sentido para quem conhece a empresa. Não é nenhum segredo que Jack in the Box há muito tempo é popular entre as pessoas que estão ... bem, vamos apenas dizer que estão alteradas.

“As pessoas bêbadas e / ou chapadas adoram a bagunça gordurosa, encharcada e meio nojenta que é o taco Jack in the Box - e a empresa está mais do que feliz em atrair esses clientes embriagados”, afirmou o Business Insider em um artigo de janeiro de 2017 sobre o fenomeno.

Os números parecem apoiar essa afirmação (embora, caramba, BI seja um pouco difícil para o produto). A Foursquare, uma empresa que mede os hábitos do consumidor, relata que 17 por cento dos clientes da Jack in the Box vão a um dos 2.200 restaurantes animados da rede nos Estados Unidos entre 22h00 e 4 da manhã. Essa é a segunda maior porcentagem de visitas noturnas no setor, superada apenas pelo Castelo Branco, que há muito é conhecido (e celebrado por Hollywood) como o destino preferido dos maconheiros para os maconheiros.

Jack in the Box disse que o MERRY Munchie Meal inclui alguns dos itens de menu mais desejados da rede & # 8217s em uma caixa: Halfsies (½ batata frita e ½ rodelas de cebola) dois tacos, cinco mini churros, 3 tiras de frango crocantes e um uma pequena bebida. O preço é 80 centavos menos do que um menu de valor rival oferecido pela Taco Bell, de Irvine.

“O lançamento do MERRY Munchie Meal é a maneira perfeita de reconhecer a cultura da cannabis em nosso estado de origem compartilhada da Califórnia,” Scott Chung, Diretor de Operações da MERRY JANE, disse em um comunicado.

Jack in the Box poderia usar um impulso, já que seu maior rival, o McDonald’s, viu um aumento nas vendas. A maior rede de hambúrgueres do mundo aumentou o tráfego de pedestres com lojas reformadas, café da manhã o dia todo e maior inovação de produtos.

Alguns na indústria da cannabis veem a estratégia de marketing da Jack in the Box como parte de uma tendência maior e inevitável.

& # 8220 Não acho que seja apenas a América corporativa que está se tornando mais confortável com a maconha & # 8212 A América está se tornando mais confortável ”, disse Daniel Yi, vice-presidente de comunicações corporativas da MedMen, uma das maiores empresas do mercado emergente de maconha indústria. “Todos os números indicam isso. As pesquisas mostram um número recorde de americanos a favor da legalização da maconha. Agora temos 29 estados com cannabis legalizada. A tendência está claramente aí. ”

Embora Yi espere que outras empresas façam aberturas mais sérias para a indústria da cannabis, ele entende a lógica da abordagem despreocupada de Jack in the Box & # 8217.

& # 8220Faz sentido para Jack in the Box ser irônico. Esse é o estilo deles. Há espaço para todos jogarem neste novo mundo. & # 8221


3 Long Beach Jack in the Boxes testará refeições noturnas destinadas a fumantes de maconha

Aproveitando a legalização da maconha na Califórnia em 2018, Jack in the Box está testando um novo pacote de refeição tarde da noite em Long Beach que visa satisfazer os desejos pós-maconha. Está em parceria com a Merry Jane, empresa de mídia digital apoiada pelo rapper de Long Beach Snoop Dogg, para apresentar um novo cardápio, o MERRY Munchie Meal, voltado diretamente para os entusiastas da cannabis. A empresa com sede em San Diego se tornará a primeira rede nacional de restaurantes a visar explicitamente o mercado emergente de maconha legal.

A nova refeição estará disponível de 18 a 25 de janeiro em três locais de Long Beach pelo preço tão inteligente de US $ 4,20:

A partir das 6h de 1º de janeiro, a Califórnia se tornará o quinto estado a permitir que lojas licenciadas vendam maconha a qualquer pessoa com uma identificação que mostre que tem 21 anos ou mais & # 8212, assim como comprar álcool em um bar ou loja de bebidas. Isso significa que as recomendações do médico para a maconha medicinal não serão mais necessárias para fazer uma compra nessas lojas.

A implicação da nova campanha é que a Jack in the Box, que indiretamente comercializou suas refeições noturnas para os chamados maconheiros, espera conquistar um novo conjunto de consumidores que estão dando uma chance ao cigarro recreativo pela primeira vez.

A mudança faz sentido para quem conhece a empresa. Não é nenhum segredo que Jack in the Box há muito tempo é popular entre as pessoas que estão ... bem, vamos apenas dizer que estão alteradas.

“As pessoas bêbadas e / ou chapadas adoram a bagunça gordurosa, encharcada e meio nojenta que é o taco Jack in the Box - e a empresa está mais do que feliz em atrair esses clientes embriagados”, afirmou o Business Insider em um artigo de janeiro de 2017 sobre o fenomeno.

Os números parecem apoiar essa afirmação (embora, caramba, BI seja um pouco difícil para o produto). A Foursquare, uma empresa que mede os hábitos do consumidor, relata que 17 por cento dos clientes da Jack in the Box vão a um dos 2.200 restaurantes animados da rede nos Estados Unidos entre 22h00 e 4 da manhã. Essa é a segunda maior porcentagem de visitas noturnas no setor, superada apenas pelo Castelo Branco, que há muito é conhecido (e celebrado por Hollywood) como o destino preferido dos maconheiros para os maconheiros.

Jack in the Box disse que o MERRY Munchie Meal inclui alguns dos itens de menu mais desejados da rede & # 8217s em uma caixa: Halfsies (½ batata frita e ½ rodelas de cebola) dois tacos, cinco mini churros, 3 tiras de frango crocantes e um uma pequena bebida. O preço é 80 centavos menos do que um menu de valor rival oferecido pela Taco Bell, de Irvine.

“O lançamento do MERRY Munchie Meal é a maneira perfeita de reconhecer a cultura da cannabis em nosso estado de origem compartilhada da Califórnia,” Scott Chung, Diretor de Operações da MERRY JANE, disse em um comunicado.

Jack in the Box poderia usar um impulso, já que seu maior rival, o McDonald’s, viu um aumento nas vendas. A maior rede de hambúrgueres do mundo aumentou o tráfego de pedestres com lojas reformadas, café da manhã o dia todo e maior inovação de produtos.

Alguns na indústria da cannabis veem a estratégia de marketing da Jack in the Box como parte de uma tendência maior e inevitável.

& # 8220 Não acho que seja apenas a América corporativa que está se tornando mais confortável com a maconha & # 8212 A América está se tornando mais confortável ”, disse Daniel Yi, vice-presidente de comunicações corporativas da MedMen, uma das maiores empresas do mercado emergente de maconha indústria. “Todos os números indicam isso. As pesquisas mostram um número recorde de americanos a favor da legalização da maconha. Agora temos 29 estados com cannabis legalizada. A tendência está claramente aí. ”

Embora Yi espere que outras empresas façam aberturas mais sérias para a indústria da cannabis, ele entende a lógica da abordagem despreocupada de Jack in the Box & # 8217.

& # 8220Faz sentido para Jack in the Box ser irônico. Esse é o estilo deles. Há espaço para todos jogarem neste novo mundo. & # 8221


3 Long Beach Jack in the Boxes testará refeições noturnas destinadas a fumantes de maconha

Aproveitando a legalização da maconha na Califórnia em 2018, Jack in the Box está testando um novo pacote de refeição tarde da noite em Long Beach que visa satisfazer os desejos pós-maconha. Está em parceria com Merry Jane, empresa de mídia digital apoiada pelo rapper de Long Beach Snoop Dogg, para apresentar uma nova oferta de menu, o MERRY Munchie Meal, voltado diretamente para os entusiastas da cannabis. A empresa com sede em San Diego se tornará a primeira rede nacional de restaurantes a visar explicitamente o mercado emergente de maconha legal.

A nova refeição estará disponível de 18 a 25 de janeiro em três locais de Long Beach pelo preço tão inteligente de US $ 4,20:

A partir das 6h de 1º de janeiro, a Califórnia se tornará o quinto estado a permitir que lojas licenciadas vendam maconha a qualquer pessoa com uma identificação que mostre que tem 21 anos ou mais & # 8212, assim como comprar álcool em um bar ou loja de bebidas. Isso significa que as recomendações do médico para a maconha medicinal não serão mais necessárias para fazer uma compra nessas lojas.

A implicação da nova campanha é que a Jack in the Box, que indiretamente comercializou suas refeições noturnas para os chamados maconheiros, espera conquistar um novo conjunto de consumidores que estão dando uma chance ao cigarro recreativo pela primeira vez.

A mudança faz sentido para quem conhece a empresa. Não é nenhum segredo que Jack in the Box há muito tempo é popular entre as pessoas que estão ... bem, vamos apenas dizer que estão alteradas.

“As pessoas bêbadas e / ou chapadas adoram a bagunça gordurosa, encharcada e meio nojenta que é o taco Jack in the Box - e a empresa está mais do que feliz em atrair esses clientes embriagados”, afirmou o Business Insider em um artigo de janeiro de 2017 sobre o fenomeno.

Os números parecem apoiar essa afirmação (embora, caramba, BI seja um pouco difícil para o produto). A Foursquare, uma empresa que mede os hábitos do consumidor, relata que 17 por cento dos clientes da Jack in the Box vão a um dos 2.200 restaurantes animados da rede nos Estados Unidos entre 22h00 e 4 da manhã. Essa é a segunda maior porcentagem de visitas noturnas no setor, superada apenas pelo Castelo Branco, que há muito tempo é conhecido (e celebrado por Hollywood) como o destino preferido dos maconheiros para os maconheiros.

Jack in the Box disse que o MERRY Munchie Meal inclui alguns dos itens de menu mais desejados da rede & # 8217s em uma caixa: Halfsies (½ batata frita e ½ rodelas de cebola) dois tacos, cinco mini churros, 3 tiras de frango crocantes e um uma pequena bebida. O preço é 80 centavos menos do que um menu de valor rival oferecido pela Taco Bell, de Irvine.

“O lançamento do MERRY Munchie Meal é a maneira perfeita de reconhecer a cultura da cannabis em nosso estado de origem compartilhada da Califórnia,” Scott Chung, Diretor de Operações da MERRY JANE, disse em um comunicado.

Jack in the Box poderia usar um impulso, já que seu maior rival, o McDonald’s, viu um aumento nas vendas. A maior rede de hambúrgueres do mundo aumentou o tráfego de pedestres com lojas reformadas, café da manhã o dia todo e maior inovação de produtos.

Alguns na indústria da cannabis veem a estratégia de marketing da Jack in the Box como parte de uma tendência maior e inevitável.

& # 8220 Não acho que seja apenas a América corporativa que está se tornando mais confortável com a maconha & # 8212 A América está se tornando mais confortável ”, disse Daniel Yi, vice-presidente de comunicações corporativas da MedMen, uma das maiores empresas do mercado emergente de maconha indústria. “Todos os números indicam isso. As pesquisas mostram um número recorde de americanos a favor da legalização da maconha. Agora temos 29 estados com cannabis legalizada. A tendência está claramente aí. ”

Embora Yi espere que outras empresas façam aberturas mais sérias para a indústria da cannabis, ele entende a lógica da abordagem despreocupada de Jack in the Box & # 8217.

& # 8220Faz sentido para Jack in the Box ser irônico. Esse é o estilo deles. Há espaço para todos jogarem neste novo mundo. & # 8221


3 Long Beach Jack in the Boxes testará refeições noturnas destinadas a fumantes de maconha

Aproveitando a legalização da maconha na Califórnia em 2018, Jack in the Box está testando um novo pacote de refeição tarde da noite em Long Beach que visa satisfazer os desejos pós-maconha. Está em parceria com a Merry Jane, empresa de mídia digital apoiada pelo rapper de Long Beach Snoop Dogg, para apresentar um novo cardápio, o MERRY Munchie Meal, voltado diretamente para os entusiastas da cannabis. A empresa com sede em San Diego se tornará a primeira rede nacional de restaurantes a visar explicitamente o mercado emergente de maconha legal.

A nova refeição estará disponível de 18 a 25 de janeiro em três locais de Long Beach pelo preço tão inteligente de US $ 4,20:

A partir das 6h de 1º de janeiro, a Califórnia se tornará o quinto estado a permitir que lojas licenciadas vendam maconha a qualquer pessoa com uma identificação que mostre que tem 21 anos ou mais & # 8212, assim como comprar álcool em um bar ou loja de bebidas. Isso significa que as recomendações do médico para a maconha medicinal não serão mais necessárias para fazer uma compra nessas lojas.

A implicação da nova campanha é que a Jack in the Box, que indiretamente comercializou suas refeições noturnas para os chamados maconheiros, espera conquistar um novo conjunto de consumidores que estão dando uma chance ao cigarro recreativo pela primeira vez.

A mudança faz sentido para quem conhece a empresa. Não é nenhum segredo que Jack in the Box há muito tempo é popular entre as pessoas que estão ... bem, vamos apenas dizer que estão alteradas.

“As pessoas bêbadas e / ou chapadas adoram a bagunça gordurosa, encharcada e meio nojenta que é o taco Jack in the Box - e a empresa está mais do que feliz em atrair esses clientes embriagados”, afirmou o Business Insider em um artigo de janeiro de 2017 sobre o fenomeno.

Os números parecem apoiar essa afirmação (embora, caramba, BI seja um pouco difícil para o produto). A Foursquare, uma empresa que mede os hábitos do consumidor, relata que 17 por cento dos clientes da Jack in the Box vão a um dos 2.200 restaurantes animados da rede nos Estados Unidos entre 22h00 e 4 da manhã. Essa é a segunda maior porcentagem de visitas noturnas no setor, superada apenas pelo Castelo Branco, que há muito é conhecido (e celebrado por Hollywood) como o destino preferido dos maconheiros para os maconheiros.

Jack in the Box disse que o MERRY Munchie Meal inclui alguns dos itens de menu mais desejados da rede & # 8217s em uma caixa: Halfsies (½ batata frita e ½ rodelas de cebola) dois tacos, cinco mini churros, 3 tiras de frango crocantes e um uma pequena bebida. O preço é 80 centavos menos do que um menu de valor rival oferecido pela Taco Bell, de Irvine.

“O lançamento do MERRY Munchie Meal é a maneira perfeita de reconhecer a cultura da cannabis em nosso estado natal compartilhado da Califórnia”, disse Scott Chung, diretor de operações da MERRY JANE, em um comunicado.

Jack in the Box poderia usar um impulso, já que seu maior rival, o McDonald’s, viu um aumento nas vendas. A maior rede de hambúrgueres do mundo aumentou o tráfego de pedestres com lojas reformadas, café da manhã o dia todo e maior inovação de produtos.

Alguns na indústria da cannabis veem a estratégia de marketing da Jack in the Box como parte de uma tendência maior e inevitável.

& # 8220 Não acho que seja apenas a América corporativa que está se tornando mais confortável com a maconha & # 8212 A América está se tornando mais confortável ”, disse Daniel Yi, vice-presidente de comunicações corporativas da MedMen, uma das maiores empresas do mercado emergente de maconha indústria. “Todos os números indicam isso. As pesquisas mostram um número recorde de americanos a favor da legalização da maconha. Agora temos 29 estados com cannabis legalizada. A tendência está claramente aí. ”

Embora Yi espere que outras empresas façam aberturas mais sérias para a indústria da cannabis, ele entende a lógica da abordagem despreocupada de Jack in the Box & # 8217.

& # 8220Faz sentido para Jack in the Box ser irônico. Esse é o estilo deles. Há espaço para todos jogarem neste novo mundo. & # 8221


3 Long Beach Jack in the Boxes testará refeições noturnas destinadas a fumantes de maconha

Aproveitando a legalização da maconha na Califórnia em 2018, Jack in the Box está testando um novo pacote de refeição tarde da noite em Long Beach que visa satisfazer os desejos pós-maconha. Está em parceria com Merry Jane, empresa de mídia digital apoiada pelo rapper de Long Beach Snoop Dogg, para apresentar uma nova oferta de menu, o MERRY Munchie Meal, voltado diretamente para os entusiastas da cannabis. A empresa com sede em San Diego se tornará a primeira rede nacional de restaurantes a visar explicitamente o mercado emergente de maconha legal.

A nova refeição estará disponível de 18 a 25 de janeiro em três locais de Long Beach pelo preço tão inteligente de US $ 4,20:

A partir das 6h de 1º de janeiro, a Califórnia se tornará o quinto estado a permitir que lojas licenciadas vendam maconha a qualquer pessoa com uma identificação que mostre que tem 21 anos ou mais & # 8212, assim como comprar álcool em um bar ou loja de bebidas. Isso significa que as recomendações do médico para a maconha medicinal não serão mais necessárias para fazer uma compra nessas lojas.

A implicação da nova campanha é que a Jack in the Box, que indiretamente comercializou suas refeições noturnas para os chamados maconheiros, espera conquistar um novo conjunto de consumidores que estão dando uma chance ao cigarro recreativo pela primeira vez.

A mudança faz sentido para quem conhece a empresa. Não é nenhum segredo que Jack in the Box há muito tempo é popular entre as pessoas que estão ... bem, vamos apenas dizer que estão alteradas.

“As pessoas bêbadas e / ou chapadas adoram a bagunça gordurosa, encharcada e meio nojenta que é o taco Jack in the Box - e a empresa está mais do que feliz em atrair esses clientes embriagados”, afirmou o Business Insider em um artigo de janeiro de 2017 sobre o fenomeno.

Os números parecem apoiar essa afirmação (embora, caramba, BI seja um pouco difícil para o produto). A Foursquare, uma empresa que mede os hábitos do consumidor, relata que 17 por cento dos clientes da Jack in the Box vão a um dos 2.200 restaurantes animados da rede nos Estados Unidos entre 22h00 e 4 da manhã. Essa é a segunda maior porcentagem de visitas noturnas no setor, superada apenas pelo Castelo Branco, que há muito é conhecido (e celebrado por Hollywood) como o destino preferido dos maconheiros para os maconheiros.

Jack in the Box disse que o MERRY Munchie Meal inclui alguns dos itens de menu mais desejados da rede & # 8217s em uma caixa: Halfsies (½ batata frita e ½ rodelas de cebola) dois tacos, cinco mini churros, 3 tiras de frango crocantes e um uma pequena bebida. O preço é 80 centavos menos do que um menu de valor rival oferecido pela Taco Bell, de Irvine.

“O lançamento do MERRY Munchie Meal é a maneira perfeita de reconhecer a cultura da cannabis em nosso estado de origem compartilhada da Califórnia,” Scott Chung, Diretor de Operações da MERRY JANE, disse em um comunicado.

Jack in the Box poderia usar um impulso, já que seu maior rival, o McDonald's, viu um aumento nas vendas. A maior rede de hambúrgueres do mundo aumentou o tráfego de pedestres com lojas reformadas, café da manhã o dia todo e maior inovação de produtos.

Alguns na indústria da cannabis veem a estratégia de marketing da Jack in the Box como parte de uma tendência maior e inevitável.

& # 8220 Não acho que seja apenas a América corporativa que está se tornando mais confortável com a maconha & # 8212 A América está se tornando mais confortável ”, disse Daniel Yi, vice-presidente de comunicações corporativas da MedMen, uma das maiores empresas do mercado emergente de maconha indústria. “Todos os números indicam isso. As pesquisas mostram um número recorde de americanos a favor da legalização da maconha. Agora temos 29 estados com cannabis legalizada. A tendência está claramente aí. ”

Embora Yi espere que outras empresas façam aberturas mais sérias para a indústria da cannabis, ele entende a lógica da abordagem despreocupada de Jack in the Box & # 8217.

& # 8220Faz sentido para Jack in the Box ser irônico. Esse é o estilo deles. Há espaço para todos jogarem neste novo mundo. & # 8221


3 Long Beach Jack in the Boxes testará refeições noturnas destinadas a fumantes de maconha

Aproveitando a legalização da maconha na Califórnia em 2018, Jack in the Box está testando um novo pacote de refeição tarde da noite em Long Beach que visa satisfazer os desejos pós-maconha. Está em parceria com Merry Jane, empresa de mídia digital apoiada pelo rapper de Long Beach Snoop Dogg, para apresentar uma nova oferta de menu, o MERRY Munchie Meal, direcionado diretamente aos entusiastas da cannabis. A empresa com sede em San Diego se tornará a primeira rede nacional de restaurantes a visar explicitamente o mercado emergente de maconha legal.

A nova refeição estará disponível de 18 a 25 de janeiro em três locais de Long Beach pelo preço tão inteligente de US $ 4,20:

A partir das 6h de 1º de janeiro, a Califórnia se tornará o quinto estado a permitir que lojas licenciadas vendam maconha a qualquer pessoa com uma identificação que mostre que tem 21 anos ou mais & # 8212, assim como comprar álcool em um bar ou loja de bebidas. That means doctor’s recommendations for medical marijuana will no longer be required to make a purchase in these shops.

The implication of the new campaign is that Jack in the Box, which has indirectly marketed its late-night meals to so-called stoners, hopes to gain a whole new set of consumers who are giving recreational smoking a shot for the first time.

The move makes sense to those who know the company. It’s no secret that Jack in the Box has long been popular with people who are … well, let’s just say in an altered state.

“Drunk and/or high people love the greasy, soggy, semi-disgusting mess that is the Jack in the Box taco — and the company is more than happy to appeal to these inebriated customers,” Business Insider claimed in a January 2017 article about the phenomenon.

The numbers seem to back up that claim (though, jeez, BI is a little hard on the product). Foursquare, a company that measures consumer habits, reports that 17 percent of Jack in the Box’s customers drop in to one of the chain’s 2,200 cheery U.S. restaurants between 10 p.m. and 4 a.m. That’s the second highest percentage of late-night visits in the industry, bested only by White Castle, which has long been known (and celebrated by Hollywood) as the preferred munchies destination for stoners.

Jack in the Box said the MERRY Munchie Meal includes some of the chain’s most crave-able menu items all in one box: Halfsies (½ curly fries and ½ onion rings) two tacos, five mini churros, 3 crispy chicken strips and a small drink. The price is 80 cents less than a rival value menu offered by Irvine-based Taco Bell.

“Launching the MERRY Munchie Meal is the perfect way to acknowledge the cannabis culture in our shared home state of California,” Scott Chung, Chief Operations Officer at MERRY JANE, said in a statement.

Jack in the Box could use a boost as its biggest rival, McDonald’s, has seen sales surge. The world’s biggest burger chain has stepped up foot traffic with remodeled stores, all-day breakfast and increased product innovation.

Some in the cannabis industry see Jack in the Box’s marketing strategy as part of a larger, inevitable trend.

“I don’t think it’s just corporate America that’s is becoming more comfortable with marijuana — America is becoming more comfortable,” said Daniel Yi, vice president for corporate communications at MedMen, one of the largest companies in the emerging commercial marijuana industry. “All the numbers indicate that. Polls show record numbers of Americans favor the legalization of marijuana. Now we have 29 states with legalized cannabis. The trend is clearly there.”

Though Yi hopes other companies will make more serious overtures to the cannabis industry, he understands the logic of Jack in the Box’s lighthearted approach.

“It makes sense for Jack in the Box to be tongue in cheek. That’s their style. There’s space for everyone to play in this new world.”


3 Long Beach Jack in the Boxes will test late-night meals aimed at pot smokers

Taking advantage of the legalization of marijuana in California in 2018, Jack in the Box is testing a new late-night meal package in Long Beach that’s aimed at satisfying post-pot cravings. It is partnering with Merry Jane, digital media company supported by Long Beach rapper Snoop Dogg, to present a new menu offering, the MERRY Munchie Meal, aimed squarely at cannabis enthusiasts. The San Diego-based company will become the first national restaurant chain to explicitly target the emerging market of legal marijuana.

The new meal will be available Jan. 18 to 25 at three Long Beach locations for the oh-so-clever price of $4.20:

As of 6 a.m. Jan. 1, California will become the fifth state to allow licensed shops to sell marijuana to anyone with an ID showing they’re 21 and older — just like buying alcohol from a bar or liquor store. That means doctor’s recommendations for medical marijuana will no longer be required to make a purchase in these shops.

The implication of the new campaign is that Jack in the Box, which has indirectly marketed its late-night meals to so-called stoners, hopes to gain a whole new set of consumers who are giving recreational smoking a shot for the first time.

The move makes sense to those who know the company. It’s no secret that Jack in the Box has long been popular with people who are … well, let’s just say in an altered state.

“Drunk and/or high people love the greasy, soggy, semi-disgusting mess that is the Jack in the Box taco — and the company is more than happy to appeal to these inebriated customers,” Business Insider claimed in a January 2017 article about the phenomenon.

The numbers seem to back up that claim (though, jeez, BI is a little hard on the product). Foursquare, a company that measures consumer habits, reports that 17 percent of Jack in the Box’s customers drop in to one of the chain’s 2,200 cheery U.S. restaurants between 10 p.m. and 4 a.m. That’s the second highest percentage of late-night visits in the industry, bested only by White Castle, which has long been known (and celebrated by Hollywood) as the preferred munchies destination for stoners.

Jack in the Box said the MERRY Munchie Meal includes some of the chain’s most crave-able menu items all in one box: Halfsies (½ curly fries and ½ onion rings) two tacos, five mini churros, 3 crispy chicken strips and a small drink. The price is 80 cents less than a rival value menu offered by Irvine-based Taco Bell.

“Launching the MERRY Munchie Meal is the perfect way to acknowledge the cannabis culture in our shared home state of California,” Scott Chung, Chief Operations Officer at MERRY JANE, said in a statement.

Jack in the Box could use a boost as its biggest rival, McDonald’s, has seen sales surge. The world’s biggest burger chain has stepped up foot traffic with remodeled stores, all-day breakfast and increased product innovation.

Some in the cannabis industry see Jack in the Box’s marketing strategy as part of a larger, inevitable trend.

“I don’t think it’s just corporate America that’s is becoming more comfortable with marijuana — America is becoming more comfortable,” said Daniel Yi, vice president for corporate communications at MedMen, one of the largest companies in the emerging commercial marijuana industry. “All the numbers indicate that. Polls show record numbers of Americans favor the legalization of marijuana. Now we have 29 states with legalized cannabis. The trend is clearly there.”

Though Yi hopes other companies will make more serious overtures to the cannabis industry, he understands the logic of Jack in the Box’s lighthearted approach.

“It makes sense for Jack in the Box to be tongue in cheek. That’s their style. There’s space for everyone to play in this new world.”


3 Long Beach Jack in the Boxes will test late-night meals aimed at pot smokers

Taking advantage of the legalization of marijuana in California in 2018, Jack in the Box is testing a new late-night meal package in Long Beach that’s aimed at satisfying post-pot cravings. It is partnering with Merry Jane, digital media company supported by Long Beach rapper Snoop Dogg, to present a new menu offering, the MERRY Munchie Meal, aimed squarely at cannabis enthusiasts. The San Diego-based company will become the first national restaurant chain to explicitly target the emerging market of legal marijuana.

The new meal will be available Jan. 18 to 25 at three Long Beach locations for the oh-so-clever price of $4.20:

As of 6 a.m. Jan. 1, California will become the fifth state to allow licensed shops to sell marijuana to anyone with an ID showing they’re 21 and older — just like buying alcohol from a bar or liquor store. That means doctor’s recommendations for medical marijuana will no longer be required to make a purchase in these shops.

The implication of the new campaign is that Jack in the Box, which has indirectly marketed its late-night meals to so-called stoners, hopes to gain a whole new set of consumers who are giving recreational smoking a shot for the first time.

The move makes sense to those who know the company. It’s no secret that Jack in the Box has long been popular with people who are … well, let’s just say in an altered state.

“Drunk and/or high people love the greasy, soggy, semi-disgusting mess that is the Jack in the Box taco — and the company is more than happy to appeal to these inebriated customers,” Business Insider claimed in a January 2017 article about the phenomenon.

The numbers seem to back up that claim (though, jeez, BI is a little hard on the product). Foursquare, a company that measures consumer habits, reports that 17 percent of Jack in the Box’s customers drop in to one of the chain’s 2,200 cheery U.S. restaurants between 10 p.m. and 4 a.m. That’s the second highest percentage of late-night visits in the industry, bested only by White Castle, which has long been known (and celebrated by Hollywood) as the preferred munchies destination for stoners.

Jack in the Box said the MERRY Munchie Meal includes some of the chain’s most crave-able menu items all in one box: Halfsies (½ curly fries and ½ onion rings) two tacos, five mini churros, 3 crispy chicken strips and a small drink. The price is 80 cents less than a rival value menu offered by Irvine-based Taco Bell.

“Launching the MERRY Munchie Meal is the perfect way to acknowledge the cannabis culture in our shared home state of California,” Scott Chung, Chief Operations Officer at MERRY JANE, said in a statement.

Jack in the Box could use a boost as its biggest rival, McDonald’s, has seen sales surge. The world’s biggest burger chain has stepped up foot traffic with remodeled stores, all-day breakfast and increased product innovation.

Some in the cannabis industry see Jack in the Box’s marketing strategy as part of a larger, inevitable trend.

“I don’t think it’s just corporate America that’s is becoming more comfortable with marijuana — America is becoming more comfortable,” said Daniel Yi, vice president for corporate communications at MedMen, one of the largest companies in the emerging commercial marijuana industry. “All the numbers indicate that. Polls show record numbers of Americans favor the legalization of marijuana. Now we have 29 states with legalized cannabis. The trend is clearly there.”

Though Yi hopes other companies will make more serious overtures to the cannabis industry, he understands the logic of Jack in the Box’s lighthearted approach.

“It makes sense for Jack in the Box to be tongue in cheek. That’s their style. There’s space for everyone to play in this new world.”


Assista o vídeo: Jack in the Box Munchie Meal TV Commercial Merman Jax (Outubro 2021).