Novas receitas

Sanduíche da Semana: Sanduíche De Frango Frito Naked Lunch

Sanduíche da Semana: Sanduíche De Frango Frito Naked Lunch

Esta lanchonete de São Francisco tem um menu rotativo, às vezes servindo delícias fritas na hora do almoço

Foursquare / Carly G

Naked Lunch's “Mary’s Farm Fried Chicken Sandwich” em São Francisco.

São Francisco é conhecida como uma cidade para os amantes da comida, embora os sanduíches nem sempre sejam o primeiro prato associado ao The City by the Bay. Almoço Nu, localizado no bairro de North Beach, na esquina de Kearny com a Broadway, e seu "sanduíche de frango frito da Mary’s Farm" podem mudar seu pensamento sobre as ofertas da cidade desse alimento básico.

A loja está aberta de terça a sexta-feira, das 11h30 às 14h00 para o almoço, 12h00 até “tarde” no sábado e às 14h00 às 20h00 no domingo, e lista um menu rotativo de sanduíches especiais. Seu item de frango frito, embora não seja servido todos os dias, é de longe o favorito dos clientes, acumulando dezenas de avaliações positivas no Quadrangular e Yelp. É fácil ver o porquê, já que a massa do frango é fortemente temperada e acompanhada de leitelho, salada de repolho pimentón e molho aioli de alho verde em pain de mie. Os funcionários costumam sugerir, ao telefonar para sua deliciosa compra, que adicione um pouco de molho picante Crystal, que fornecem aos convidados em pacotes.

Portanto, se você estiver em São Francisco e tiver a sorte de se encontrar no Naked Lunch em um dia em que eles tenham seu “Sanduíche de Frango Frito da Fazenda Mary” listado em seu menu, certifique-se de experimentar por si mesmo o que é toda a agitação da Internet cerca de.

Clique aqui para outros sanduíches em destaque ou verifique o 2013 Ano em Sanduíches e a Slideshow do Sanduíche da Semana. Conhece um sanduíche que deve ser destaque? Enviar por e-mail a refeição diária ou comente abaixo. Melhor ainda, torne-se um contribuidor e escreva o seu favorito hoje!

Kate Kolenda é editora de restaurantes / guias da cidade no The Daily Meal. Siga ela no twitter @BeefWerky e @theconversant.


Sanduíche da Semana: Sanduíche de Frango Frito Naked Lunch - Receitas

Junto com Buc-ee’s, Willie Nelson e políticos incompetentes, Whataburger (por favor, não pronuncie "Water-burger") é uma instituição do Texas. Mas será que o Whatachick'n Sandwich está entre os produtos básicos da Lone Star, como o peito?

Resumindo & # 8230 talvez! Resumindo: o pão de brioche é forte, o WhataSauce é abundante, mas não opressor, e o peito é suculento, mas isso é apenas um meio-elogio. Tem um gosto muito parecido com o sanduíche de frango grelhado do Whataburger. O Whatachick’n & # 8212 quase não tem problemas, então não vale as calorias extras e a gordura saturada.

Se você for pedir um sanduíche de frango no Whataburger, não faça isso. Obtenha o derretimento de hambúrguer - o que mais? - Em vez disso, torradas do Texas. Tudo é maior no Texas, tudo é melhor com torradas do Texas.

Encontre o Whatburger mais próximo aqui.

Conclusão:

Um sanduíche perfeitamente útil, mas há um motivo pelo qual é chamado de WhataBURGER. & # 8212 Josh Kurp

Zaxby’s & # 8212 Signature Sandwich

Calorias: 1110

Esta era minha viagem inaugural para Zaxby's, então eu honestamente não sabia o que esperar. Eu ficaria pasmo ou ficaria irritado com todas as Wendy's que poderia ter ido em vez disso?

Gente, deixe-me dizer-lhe: não levará mais de 30 anos (um cavalheiro nunca conta) antes de eu voltar para o Zaxby's. O sanduíche de assinatura é grande, crocante e delicioso. Minhas reclamações são menores: o muito elogiado "famoso molho Zax" não adiciona muito sabor e poderia usar um vegetal para complementar o pão e o peito. Mas por outro lado, este é um sanduíche de frango frito à milanesa maldito fino (grite para a crocância nas bordas deste sanduíche enorme, também).

Não está exatamente no nível do Popeye, mas se houver um Zaxby perto de você (há mais de 900 locais em todo o país), eu sugiro fazer sua viagem inaugural também.

The Bottom Line

Um dos melhores sanduíches de frango frito fast-food, mas certifique-se de que está com fome. Isso é muito. & # 8212 Josh Kurp

Culver’s e sanduíche de frango # 8212

Calorias: 460

O site de Culver garante que seu sanduíche de frango será "crocante por fora, suculento e macio por dentro". A promessa é meio certa: o interior é suculento e macio, mas o exterior só conta tecnicamente como "crocante", na medida em que é mais crocante do que, digamos, uma fatia de queijo americano. O sanduíche de frango do Culver poderia usar um pouco de queijo derretido, na verdade, apenas para compensar os picles.

Como um cético em conserva (palavra chique para “odiador”), eu deveria ter pedido para segurar as lascas de endro, mas esqueci. Isso é por minha conta. Eu podia sentir o gosto dos picles com cada mordida, mesmo depois de removê-los. Mas este ainda poderia ser um sanduíche melhor do que a média se houvesse molho espalhado no frango. Não existe. Sem qualquer sabor, doçura ou maionese, este é um sanduíche de frango abaixo da média.

The Bottom Line

Segure os picles, adicione um pouco de molho. & # 8212 Josh Kurp

As entradas classificadas:

16. Dairy Queen - Sanduíche de Frango Crocante

Calorias: 550

Ufa - esse é o som que você faz depois de morder um sanduíche de frango Dairy Queen. Esse sanduíche é brutal. É simplesmente o pior hambúrguer de frango fast-food que já tive & # 8212 excessivamente processado e moderadamente temperado, mas conscientemente & # 8230 marrom. Servido com maionese, alface e tomate, não tenho palavras gentis para essa tentativa de comida.

Limite-se a sorvete e batatas fritas Dairy Queen.!

Peça seu sorvete no Dairy Queen local aqui.

The Bottom Line

15. Sanduíche de frango crocante Sonic Classic

Calorias: 570

Acontece que Sonic não é o lugar para ir se você quiser até mesmo um sanduíche de frango decente. Jalapeño poppers, batata frita com queijo chili e cachorro-quente? Certo. Mas sanduíches de frango? Nunca.

Servido em um pão de Brioche com alface e maionese, este hambúrguer de frango superprocessado é esponjoso e poroso, o que, concordamos, é uma forma nojenta de descrever a carne. A maionese não faz nada por isso. Se você comprar um, mergulhe-o no molho Sonic BBQ & # 8230 e coloque-o no fogo.

Encontre o Sonic mais próximo aqui e pegue os palitos de mussarela.

The Bottom Line

Nem coma por desafio.

14. Carl’s Jr./Hardee’s - Sanduíche de Filé com Bacon Suíço e Crocante de Frango

Calorias: 810

Como é que um estabelecimento que tem barracas de frango tão boas poderia ter sanduíches de frango tão ruins? O sanduíche de filé de frango crocante do Carl’s Jr / Hardee está entre os piores do fast-food. É esponjoso e excessivamente processado, servido em uma única folha de alface em cima de um pão branco excessivamente denso, com tomates aquosos grossos. O suíço é uma torção legal e o bacon ajuda a tornar a coisa comestível, mas no final das contas, este aqui é simplesmente nojento.

A massa temperada deste frango é surpreendentemente saborosa, com um belo chute picante. Mas isso é apenas a massa. O frango dentro é quase intragável.

Encontre o local mais próximo aqui.

The Bottom Line

Um dos piores, mas tem bacon!

13. Burger King - Sanduíche De Frango Crocante

Calorias: 670

Esta foto é propaganda falsa. Sempre que como no Burger King, fico muito triste - aqui está uma rede de fast-food que tem status de lenda, mas onde estão seus fãs? Por que é conhecido? Hambúrgueres grelhados? Por favor.

Este sanduíche tem algumas qualidades boas, mas elas são prejudicadas por suas qualidades ruins. O Sanduíche de Frango Crocante BK é servido sobre um pãozinho de batata leve e macio, o que é bom, porque cada mordida nunca fica muito dura, o que permite focar no frango. Infelizmente, esse frango não é bom. Não sofre com a qualidade esponjosa de alguns dos frangos de nível inferior desta lista, mas a carne é robusta & # 8212 descascando-se em seções estranhas, como se o filé de peito não tivesse sido cortado corretamente do osso.

Claro, é uma coisa estranha de se notar sobre um sanduíche. Mas o fato de que tal coisa é perceptível é a prova inequívoca de que é ruim.

Encontre o local mais próximo aqui.

The Bottom Line

Peça um Whopper com queijo.

12. Jack in the Box - Homestyle Ranch Chicken Club / Sanduíche de Frango Picante

Calorias: 630

Jack in the Box tem algumas iterações de seu sanduíche de frango, mas não fica mais emocionante do que o Homestyle Ranch Chicken Club. O frango aqui é um pouco imprevisível. Se fosse consistentemente bom, aumentaríamos alguns pontos apenas no sabor, mas eu tive Jack in the Box de vários estabelecimentos em várias cidades (é triste admitir) e este sanduíche é ruim com mais frequência do que bom.

Vamos falar sobre o que é bom. O pão é macio e esponjoso, o bacon adiciona muito bom sabor defumado a um filé de frango de outra forma insípido, mas suficientemente crocante, e é tudo bem complementado pelo molho Buttermilk Ranch espalhado no pão de cima. Infelizmente, o queijo é uma oportunidade perdida. Para nós, tem gosto de branco americano, nunca uma boa combinação com frango, a alface é patética, o que parece maldade, mas realmente não há outra maneira de descrevê-la (talvez murcha?). Os filés de peito de frango oferecem uma mistura branda de pimenta-do-reino e alho em pó e geralmente tem mais gosto de gordura do que de frango frito.

Peça o Homestyle Ranch Chicken Club com o hambúrguer de frango picante e o sanduíche ficará significativamente melhor graças a uma mistura de alho em pó, pimenta caiena e massa picante crocante do Jack in the Box.

Encontre o Jack in the Box mais próximo aqui.

The Bottom Line

11. McDonald's - sanduíche de frango crocante

Calorias: 530

O sanduíche de frango crocante do McDonald's vem em três fatores de forma: O Crispy, que consiste em pouco mais do que um filé de frango frito e picles grossos, o Spicy, que é feito da mesma forma que o Crispy, mas apresenta uma pasta de pimenta caiena picante, e o Deluxe, que troca os picles por tomates e alface. Arma na nossa cabeça, estamos pegando o Picante o tempo todo.

O frango tem uma cobertura crocante decente e saborosa, mas a textura da carne é seriamente deficiente, sofrendo da temida quebra de flocos que muitos desses filés de peito congelados sofrem. O McDonald's surpreendeu com seu molho de pimenta à base de pimenta de Caiena & # 8212, que produz um gosto apimentado persistente que implora por mordidas posteriores & # 8212, mas eles ainda não encontraram um hambúrguer de frango fast-food que possa conter seus próprios contra seus maiores concorrentes.

Encontre o local mais próximo aqui.

The Bottom Line

Pegue o picante, recheie com algumas batatas fritas e você está quase em um sólido sanduíche de frango frito fast-food.

10. Arby’s - Sanduíche de frango com bacon e frango crocante de búfalo

O Arby’s tem algumas opções de sanduíches bem selvagens para escolher - Smokehouse Brisket, Roast Beef Gyro, F * cking Corned Beef! - fazendo com que seus sanduíches de frango pareçam inofensivos em comparação. Achamos que é seguro dizer que se você vai ao Arby’s, você não quer um sanduíche de frango, você quer uma pilha de carne. Você está com o bebê de Arby!

Ainda assim, a Arby’s tem vários sanduíches de frango frito para escolher. Você pode pedir com pão, maionese e tomate (pior opção), com bacon Arby's crocante e queijo suíço (uma boa opção) ou mergulhado em molho picante de búfala (uma opção & # 8230), mas o Arby's é um dos únicos locais de fast food vamos sugerir que você vá em frente e opte pela versão torrada desses dois sanduíches. Os sabores funcionam harmoniosamente no frango assado - Arby’s sabe como assar - mas as opções fritas parecem que estão faltando alguma coisa.

Essas entradas não são lixo, mas é quase como se elas existissem apenas porque é o que o consumidor espera.

The Bottom Line

Você conhece o ditado, "quando no Arby’s se encha de carne até explodir!" Concentre-se nessas carnes, mas se precisar pedir isso, considere-o funcional.

9. Rally’s / Checkers - Classic Mother Cruncher

Calorias: 690

Tudo sobre esse sanduíche é engraçado. O nome, o uso da palavra “clássico” tão próximo da combinação “mother cruncher”, o fato de usar um “molho de grito” característico espalhado em um pão torrado & # 8230 é & # 8217s simplesmente ridículo. De uma forma divertida.

As pessoas adoram Rally’s / Checkers, mas eu simplesmente não entendo o hype. Este sanduíche de frango é simplesmente bom, tem um bom empanado crocante e bem temperado, e o Molho Squak tipo mil ilhas é bem saboroso. Ainda assim, não podemos ver que seja a escolha favorita de ninguém no Rally.

Sugerimos que você peça as mordidas de frango, que são menores e mais fáceis de mergulhar.

Encontre os Rallys / Checker mais próximos aqui.

The Bottom Line

Peça simplesmente para dizer as palavras “Dê-me o Mother Cruncher Clássico, por favor”.

8. KFC & # 8212 Sanduíche de Frango

Calorias: 470-540

Realmente não há desculpa para o KFC não ter um sanduíche de frango melhor. O primeiro erro é usar um empanamento crocante para o filé de peito. Use a receita original KFC, é por isso que você é conhecido! Ou use carne de coxa!

O filé de peito simplesmente não tem um gosto muito bom. E é difícil entender como o KFC pode ter estragado tudo.

O Crispy Colonel Sandwich está disponível em quatro formas, extra crocante, churrasco com mel, Buffalo Hot e Nashville Hot, cada um servido com pickles e maionese em um pão comum. Nosso favorito é a versão Nashville Hot, que é mergulhada em um molho de frango quente Nashville pesado com vinagre. Não é tão picante quanto gostaríamos, mas encobre o sabor do filé de peito insosso.

The Bottom Line

Obtenha a versão Nashville Hot, mas há muitas opções melhores por vir.

7. Chick-Fil-A - Spicy Deluxe

Calorias: 550

Chick-fil-A tem muitas versões diferentes de seu sanduíche de frango, mas para esta lista vamos com as melhores. Esqueça a versão não picante ou o pássaro grelhado, no Chick-fil-A, o Spicy Deluxe reina supremo. O Spicy Deluxe oferece picles cortados amassados, uma cama de folhas verdes de alface, duas suculentas fatias de tomate, um peito de frango à milanesa cheio de pimenta, colorau - e, queremos dizer caiena? - coberto com queijo pepper jack. O deluxe não picante troca o frango pela versão mais branda do Chick-fil-A e substitui o jack de pimenta por queijo americano, o que é simplesmente ofensivo.

Este ainda é um dos melhores sanduíches de frango do fast food & # 8217s, mas os dias em que levava facilmente o primeiro lugar, felizmente, ficaram para trás. Chick-fil-A usa óleo de amendoim que ajuda a dar um bom crocante a este sanduíche, mas o frango está um pouco prensado para o nosso gosto. É incrivelmente denso e sempre irregular. Se Chick-fil-A se esforçasse mais e batesse este frango antes de empaná-lo, ele iria facilmente aumentar alguns pontos, mas por agora, é simplesmente bom. Nada bom.

Encontre o Chick-fil-A mais próximo aqui.

The Bottom Line

A linha de base pela qual você deve medir todos os sanduíches de frango de fast-food. Se não for tão bom quanto o Spicy Deluxe, provavelmente não vale a pena comer.

6. Raising Cane’s - Sanduíche de Dedo de Frango

Raising Cane's poderia ter um dos melhores sanduíches de frango do jogo, mas eles decidiram que tudo o que eles fazem é frango empanado, e isso é tudo que eles farão. Raising Canes usa frango fresco nunca congelado que é salgado em água salgada com limão, empanado à mão e frito na perfeição. O frango deles é delicioso e suculento e praticamente derrete na boca. Mas as comidas de frango são uma maneira estúpida de fazer um sanduíche.

Essa coisa vem servida em um pão torrado com molho de cana e, assim que você morde, a coisa toda começa a desmoronar porque consiste em tiras de frango soltas. Basta fazer um filé de frango Raising Canes, por favor! Por que você está se metendo desse jeito?

A dita parte é que este nem mesmo é o melhor sanduíche da Raising Canes. Para uma experiência realmente deliciosa, peça duas torradas Texas estilo BOB (com manteiga em ambos os lados), espalhe o molho de cana e coloque um tenro entre eles. Esse aí é um sanduíche melhor e eu nem trabalho lá.

Encontre o Raising Cane mais próximo aqui.

The Bottom Line

Parece um troll. Um troll de sabor sólido, mas ainda assim.

5. Wendy's - Sanduíche de Frango Picante / Clube de Frango Asiago Ranch

Calorias: 630

Todos os sanduíches de frango da Wendy's são deliciosos, mas meu favorito é o Asiago Ranch Chicken Club, que é servido com queijo Asiago e bacon. Quando me propus a fazer este ranking, estava pronto para dar a este sanduíche o primeiro lugar, foi só depois de provar cada sanduíche que tive que reconhecer que, embora esse sanduíche seja bom, e às vezes meu favorito, está a uma boa distância de ser & # 8220 o melhor. & # 8221

O filé de frango picante da Wendy's (também disponível em Homestyle e grelhado) tem um ótimo sabor, é legitimamente picante com uma massa de pimenta de caiena e pimenta preta que traz um bom calor persistente para o gosto final, mas é um pouco processado demais. Está longe de ser a carne misteriosa esponjosa de alguns dos sanduíches menores desta lista, mas é visivelmente de qualidade inferior do que algo parecido com o que você encontraria no Chick-fil-A.

Na verdade, fico pensando se isso é realmente melhor do que Chick-fil-A o tempo todo. Por enquanto, acho que sim.

The Bottom Line

Um dos melhores sanduíches de frango de fast-food, mas você ainda pode fazer melhor.

4. Jollibee - Sanduíche de Frango Clássico / Deluxe

Calorias: 550

O frango filipino Jollibee é seriamente subestimado. Sua marinada de frango única e sabores de massa diferentes de qualquer outro frango fast-food no mercado, é esta interessante mistura de alho, pimenta, sal, cebola em pó e & # 8230 talvez um pouco de salsa seca? É amassado com amido de milho, o que lhe dá essa qualidade crocante e arejada que mantém o frango crocante, mas incrivelmente suculento por dentro, e realmente gostaríamos de classificá-lo melhor.

Still & # 8230 apenas tem gosto de estar faltando alguma coisa. Não permanece em nossas memórias ou inspira desejos como os próximos três.

Encontre o Jollibee mais próximo aqui.

The Bottom Line

Ridiculamente delicioso e, o melhor de tudo, este não parece que foi procurado por Popeyes em busca de inspiração. Está em sua própria pista.

3. Igreja - Sanduíche de Frango

Calorias: 360

Claramente inspirado no sanduíche de frango Popeyes, o sanduíche de frango da Igreja chega incrivelmente perto da coisa real. O sanduíche é servido em um pão de brioche que é escovado no mesmo mel e manteiga que a Igreja usa em seus deliciosos biscoitos, acompanhado por sua escolha de maionese regular ou picante (opte pelo picante), chips de endro espesso e uma mão suculenta filé em pão. O filé de peito aqui é maciço e suculento, com uma ótima massa apimentada que fornece bastante crocância sem prejudicar a proporção de carne empanado.

Se você prefere isso a Popeyes, vai depender de qual massa de frango você prefere. Para alguns, será da Igreja, mas para mim & # 8230

Encontre a sua igreja mais próxima aqui.

The Bottom Line

Tão bom quanto o sanduíche de frango Popeyes com metade do hype. Pode ser facilmente a escolha número 1 de alguém.

2. Shake Shack - Chick’n Shack

Calorias 590

Honestamente, entre o Chick’n Shack do Shake Shack e nossa escolha número um (que você provavelmente chamou no início deste artigo), é uma disputa. O Shake Shack discretamente oferece um dos melhores sanduíches de frango frito fast-food do jogo, e eles estão fazendo isso há anos. The Chick n Shack é espesso e suculento, com uma massa de leitelho flakey viciante que absorve o molho lindamente e fornece um crocante audível agradável a cada mordida. Servido com picles, maionese com ervas e alface em um pão de brioche amanteigado, este sanduíche fica ainda melhor com a inclusão de kimchi de Choi e molho gochujang de Shake Shack, que está disponível por tempo limitado.

Eu nunca comi um sanduíche de frango ruim no Shake Shack, eles são incrivelmente consistentes, mas é difícil explicar por que você deveria pedir isso em um hambúrguer Double Shack.

Encontre o Shake Shack mais próximo aqui.

The Bottom Line

Delicioso, suculento e crocante, mas falta a decadência de nossa escolha número um.

1. Popeyes - Sanduíche De Frango Picante

Calorias: 700

Popeyes Spicy Chicken Sandwich é a escolha número um previsível. Eu prometo que eu realmente lutei comigo mesmo para dar a ele nosso lugar de número um, mas fingir o contrário é meio bobo. Há um motivo pelo qual esse sanduíche de frango inspirou o hype ridículo que se seguiu ao seu lançamento em 2019. Sim, parte disso se deve ao excelente marketing, não é como se este fosse o melhor sanduíche de frango do mundo (temos certeza de que podemos fazer um melhor, também se Howlin Rays fosse uma rede, ela ficaria em primeiro lugar em uma caminhada), mas está definitivamente em uma classe acima do resto.

Popeyes também vende uma versão não picante com maionese. É bom, mas não ótimo.

Não vale a pena roubar um Popeyes, não é algo que deveria ser vendido em um mercado de reposição como um cobiçado par de tênis, inferno, não vale a pena esperar na fila por mais de 20 minutos, mas este é um suculento, crocante e picante contribuição para o corredor da fama do fast-food.


Pausa para o almoço: sanduíche de frango frito picante na fritadeira

Crocante, suculento e alisado com maionese, um sanduíche picante de frango frito é um favorito na hora do almoço, e usar a frigideira significa que você não precisa aquecer uma frigideira de óleo sempre que sentir vontade. Para que nosso sanduíche faça jus ao seu nome, adicionamos calor em três etapas. Primeiro, colocamos o molho apimentado na mistura de dragagem de ovo e farinha para garantir que o calor cobrisse diretamente o frango, em vez de se perder no empanamento. Combinar mais molho picante com maionese para uma propagação cremosa aumentou ainda mais o nível de calor. Uma regra não escrita de sanduíches fritos afirma que um elemento em conserva é uma obrigação - esta foi nossa oportunidade de adicionar ainda mais calor com jalapeños em conserva doces ardentes em vez de chips em conserva. A alface desfiada forneceu um componente crocante e fresco que amenizou um pouco o calor. Você pode usar sua fritadeira para torrar os pães, consulte a página 410.

  • 1 xícara de migalhas de pão panko
  • 2 colheres de sopa de azeite virgem extra
  • 1 ovo grande
  • 3 colheres de sopa de molho picante, dividido
  • 1 colher de sopa de farinha multiuso
  • ½ colher de chá de alho em pó
  • ¼ colher de chá de sal de mesa, dividido
  • colher de chá mais pimenta, dividido
  • 2 (8 onças) peitos de frango desossados ​​e sem pele, aparados
  • ¼ xícara de maionese
  • 4 pãezinhos de hambúrguer, torrados se desejar
  • 2 xícaras de alface picada
  • ¼ xícara de jalapeños fatiados em frasco

1. Misture o panko com óleo em uma tigela até revestir uniformemente. Microondas, mexendo sempre, até dourar claro, 1 a 3 minutos. Transfira para um prato raso e deixe esfriar um pouco. Bata o ovo, 2 colheres de sopa de molho picante, farinha, alho em pó, ⅛ colher de chá de sal e ⅛ colher de chá de pimenta no segundo prato raso.

2. Triture os peitos de frango até obter uma espessura uniforme. Divida cada peito ao meio, seque com papel-toalha e polvilhe com ⅛ de colher de chá de sal e pimenta-do-reino restante. Trabalhando com 1 pedaço de frango por vez, drene a mistura de ovo, deixando o excesso escorrer, então cubra com a mistura panko, pressionando suavemente para aderir.

3. Pulverize levemente a base do cesto da fritadeira com spray de óleo vegetal. Arrume os pedaços de frango na cesta preparada, espaçados igualmente. Coloque a cesta na fritadeira de ar e ajuste a temperatura para 400 graus. Cozinhe até que o frango esteja crocante e registre 160 graus, 12 a 16 minutos, virando e girando os pedaços de frango na metade do cozimento.

4. Combine a maionese e o molho picante restante 1 colher de sopa em uma tigela pequena. Espalhe a mistura de maionese uniformemente sobre o fundo do pão e cubra cada um com 1 pedaço de frango, alface, jalapeños e topo do pão. Servir.


O sanduiche mais popular do mexico

Em uma esquina tranquila no bairro Roma da Cidade do México, os funcionários da Tortería Los Güeros, um restaurante torta aberto desde 1974, estão cumprindo sua rotina de inauguração. Genaro Aburto, um proprietário e fabricante de torta, se abaixa para arrastar um tubo de plástico à vista. “Hoje é o dia em que fazemos picles”, diz ele, acenando com a cabeça para a massa de jalapeños manchados de vermelho e verde boiando na água. "Já preparamos as cenouras, a cebola e a couve-flor para cozinhar."

Aburto é apenas um entre as legiões de fabricantes de torta da capital, dedicados a montar o sanduíche mais popular do México. Embora as tortas já sejam consumidas há mais de um século, o consumo de trigo foi, a princípio, ferozmente resistido. Quando os espanhóis chegaram no início dos anos 1500 carregando trigo, eles encontraram uma cultura arraigada de milho que já existia há mais de 2.000 anos. Os espanhóis criaram campanhas de difamação para denegrir o milho e, ao mesmo tempo, fazer proselitismo sobre a pureza do trigo, quando o gosto pelo pão ainda não pegou, eles forçaram as populações indígenas a cultivá-lo e processá-lo. Centenas de anos depois, o pão não suplantou a tortilha de milho, embora seja comido como uma massa doce pela manhã, servido junto com guisados ​​no almoço, enrolado em tortilhas no norte e usado para sanduichar frios e proteínas no onipresente e pedestre torta.

Não existe uma história única de origem da torta, mas muitas - é um sanduíche nascido do comércio de rua e intercâmbio cultural. Em 1864, uma "torta compuesta" foi mencionada em um jornal de Pueblan em 1899, foi citada em uma peça e em 1902, havia queixas registradas contra vendedores ambulantes de torta, chamados torteros. O sanduíche continuou a crescer em popularidade em toda a Cidade do México durante o início do século 20, assumindo a forma de um bolillo comum com ingredientes locais como porco assado, sardinha ou frango ensanduichado. Na década de 1950, as tortas se tornaram um alimento rápido e barato para os trabalhadores urbanos que não podiam mais voltar para casa para a refeição do meio-dia. Na década de 1970, surgiram "tortas elétricas" para distingui-las do estilo de torta de corte a frio.

Hoje, a torta é totalmente, orgulhosamente, mexicana moderna. O sanduíche é popular e comum, vendido em mercados, balcões de bodega, lojas de conveniência e puestos, as barracas fixas espalhadas por todos os bairros. Tortas são o sanduíche diário da população: barato, farto e infinitamente personalizável. Estriada como as camadas preservadas de minerais na rocha, a combinação de ingredientes reflete a criatividade de seu criador.

Como acontece com todo prato nacional, variações regionais surgiram, tornando-se sanduíches emblemáticos por direito próprio: as gigantescas cemitas de Puebla os solitários do norte os pambazos recheados com batata e chouriço a torta ahogada francesa, literalmente "afogada" em molho. Há tortas recheadas com bacalao a la vizcaína, um ensopado de bacalhau ao estilo basco apreciado durante a Quaresma tortas veganas vendidas em mercados punk tortas forradas com cochinita pibil (carne de porco assada cítrica) e cebolas vermelhas em conserva e tortas cheias de chilaquiles. As variedades oferecidas em locais dedicados à confecção de tortas - chamadas torterías - também evoluíram: a "hawaiana" quase sempre apresenta anéis de abacaxi em lata a "cubana" não é parente do sanduíche cubano, mas sim uma invenção local do presunto, porco assado , headcheese, dois tipos de queijo real, tiras de cachorro-quente e costeletas à milanesa à milanesa, assim chamada por suas origens na Calle República de Cuba, no centro da Cidade do México.

(James Ransom / Cortesia Food52)

Se existem tantas variedades, o que realmente define uma torta? Primeiro, o pão: um pãozinho feito de uma massa de trigo simples e salgada, mais comumente um bolillo (também chamado de birote ou francés), que são rolinhos baratos com interiores fofos e uma tampa seca e crocante ou um rolinho telera, que é mais achatado, mais macio e pontuado duas vezes no sentido do comprimento. Pão fresco é a chave. As tortas nem sempre são torradas, por isso o pão feito no dia de é uma prática comum. Os apetrechos são acrescentados ao pão primeiro: um golpe de feijão frito, para adicionar riqueza e umidade à maionese, pelo mesmo motivo, o abacate, colocado em camadas finas de telhas de tomate cebola branca cru, conta com frescor. A alface é rara.

Assim que os vegetais e condimentos pavimentam o caminho, as proteínas chegam. As ofertas padrão incluem pierna (coxa de porco assada em corte grosso e rodeada de marinada escarlate), presunto de peru, fiambre normal, queijo americano, queso Oaxaca, queijo panela, costeletas de vaca ou frango à milanesa (cortadas em bocados antes de serem adicionadas) e cachorro-quente, mais salsicha tubular do que salsicha picante, cortado em tiras finas - se você não sabia que um cachorro-quente podia ser filetado, bem-vindo à escola da torta. Três proteínas, ou mais, são obrigatórias.

Outro elemento-chave é o pickle, para cortar a riqueza: os picks comuns são rajas, significando tiras de jalapeño em conserva com cenoura, couve-flor e cebola a reboque, ou chipotles en adobo, uma marinada à base de vinagre atada com xarope de piloncillo que amacia os secos chiles. Ambos os picles podem vir de uma lata, mas as juntas tradicionais da torta costumam fazer as suas próprias.

A torta moderna tende a ser exibicionista com peso machista, ostentando camadas sobre camadas de ingredientes; no entanto, as variedades mais modestas também têm seguidores silenciosos. Contido e magro, o bacalao torta, por exemplo, ensopa o peixe seco com cebola e tomate, coloca algumas azeitonas verdes na mistura e, em seguida, espalha a pasta de peixe no pão sem nenhum dos aditivos vegetais saborosos necessários. Na mesma linha está a pierna con mole torta de Churrería El Moro, aberta desde 1935, que empilha uma perna de porco seca em um pão e a molha com uma verruga preta líquida. Isso é tudo. Outro clássico é a torta de guajolota matinal, que tira um tamale fumegante de sua casca de milho e o transforma em um bolillo - o melhor sanduíche de amido com amido que todo Chilango já comeu pelo menos uma vez. Sem molho. Sem vegetais. Apenas milho e trigo, uma mala comestível.

Certamente, toda essa conversa sobre tortas te deixa com vontade de comer uma - e a melhor notícia é que você pode fazer isso perfeitamente em casa. Quando você se propõe a fazer sua própria torta, existem alguns elementos dignos de nota para ajudá-lo a alcançar o sucesso:

(James Ransom / Cortesia Food52)

A maioria das padarias latino-americanas vende bolillos e teleras, e toda padaria de supermercado vende algum tipo de pão simples e crocante. O pão é a chave. Não há pão fermentado com fermento natural e sem sementes aqui e, embora haja uma variedade de torta servida no pão branco pré-picado industrial, o pão crocante é o preferido. Abra e brinde, se quiser.

(James Ransom / Cortesia Food52)

2. Os patês, molhos e condimentos.

Feijão refrito (a leguminosa precisa de mais sanduíches - estou certo ?!). Mayonesa, sempre. O abacate também adiciona umidade. Quaisquer que sejam os vegetais que você tiver na crocante - tomate, repolho ralado, pimenta serrano picada. Um pouco de cebola branca em fatias. Abacaxi escorrido e triturado de uma lata? Vá em frente.

(James Ransom / Cortesia Food52)

O que você quiser e várias proteínas, se você as tiver: frios, uma mistura de presunto e peru, ovo mexido e assim por diante. Tem chouriço vegano? É fácil tornar a torta vegana. Salsichas de coquetel. Restos de frango assado. Sardinhas enlatadas em molho de tomate. Uma pimenta malagueta frita. Spam. As possibilidades são infinitas - veja abaixo as evidências e mais algumas idéias.

(James Ransom / Cortesia Food52)

Eu diria que você pode deixar isso de fora (e realmente pode), mas queijos de todos os tipos são a cola dessa torta: o queijo derretido ajuda a manter as coisas juntas, e queijos mais macios podem ser espalhados ou esmigalhados para obter texturas divertidas. Não se esqueça do molho de queijo que eu o empurrei para cima. E se você é super louco por queso, usar muito queijo é uma ótima maneira de seguir a rota vegetariana. Algumas das minhas sugestões não são super tradicionais, mas fornecem todo o necessário, extravagante e extravagante que torna uma torta ótima.

  • Panela, ou qualquer um daqueles queijos super-firmes que você pode grelhar / cozinhar sem derreter (como halloumi)
  • Queijo de cabra
  • Cotija
  • Jack

(James Ransom / Cortesia Food52)

5. Os picles (não se esqueça dos picles!)

A cobertura final de uma ótima torta são os pedaços em conserva que trazem o tempero e o sabor essenciais à mistura. Algumas receitas para começar:

    : jalapeños (ou qualquer outra pimenta), cebolas (meu sempre, sempre adição # 2), nopales, tomates.
  • Espreme de frutas cítricas: lima, limão ou toranja.

(James Ransom / Cortesia Food52)

Seja como for, as melhores tortas são aquelas feitas com amor e cuidado. Any torta slapped together that falls apart before it reaches your mouth is a bad torta, so build the torta with intent: spread those beans to the edge! Distribute the pickled carrots and peppers evenly. Season each layer of ingredients as you go, then slice and admire the careful striping and structural integrity of the sandwich. The key to a successful torta, according to Aburto, who has been assembling these sandwiches for 46 years, is this: "There are many factors, but first, you have to like what you are doing."


Fried Chicken Sandwiches

In a large bowl, whisk together the buttermilk, shallot, garlic, jalapeño, 2 teaspoons kosher salt, and 1 teaspoon black pepper. Place the chicken breasts between 2 pieces of parchment paper and, with a rolling pin or a meat mallet, pound them until they are evenly ½ inch thick. Slice each piece of chicken in half crosswise so you have 2 pieces approximately the same size. Place the chicken in the marinade, making sure each piece is well coated, cover with plastic wrap, and refrigerate for at least 8 hours or up to (but not more than) 24 hours.

When ready to cook the chicken, preheat the oven to 300 degrees. Set a wire rack on a sheet pan and place them in the oven.

In a large bowl, whisk together the flour, baking powder, paprika, cayenne pepper, celery salt, 1 tablespoon kosher salt, and 1½ teaspoons black pepper and set aside.

Pour oil into a medium (9-inch round × 4½-inch high) Dutch oven, such as Le Creuset, until it is 2 inches deep. Clip on a candy thermometer and heat the oil over high heat until it reaches 350 degrees. Meanwhile, lift the chicken from the marinade, dredge it in the flour mixture, submerge it again in the marinade, then again in the flour mixture, lightly shaking off the excess. Transfer the chicken to a plate or sheet pan until ready to fry.

When the oil is 350 degrees, carefully lower 3 pieces into the oil with tongs and adjust the heat to keep the oil at 350 degrees. Don’t crowd the chicken! Cook for 5 minutes, turning once to brown evenly. With a slotted spoon, transfer the chicken to the sheet pan in the oven to keep warm. Repeat with the remaining chicken. Sprinkle all the chicken with salt and keep warm for up to 15 minutes, until ready to serve.

To assemble, place the bottom of each bun on a plate, spread with some of the Buttermilk Herb Mayo, then a lettuce leaf, 4 pickle slices, then a piece of chicken. Spread the underside of the top bun generously with more of the mayo and place on top of the chicken, mayo side down. Serve while the chicken is still warm.

Copyright 2018, Cook Like a Pro, Clarkson Potter/Publishers, All Rights Reserved


Fried Chicken Sandwiches

In a large bowl, whisk together the buttermilk, shallot, garlic, jalapeño, 2 teaspoons kosher salt, and 1 teaspoon black pepper. Place the chicken breasts between 2 pieces of parchment paper and, with a rolling pin or a meat mallet, pound them until they are evenly ½ inch thick. Slice each piece of chicken in half crosswise so you have 2 pieces approximately the same size. Place the chicken in the marinade, making sure each piece is well coated, cover with plastic wrap, and refrigerate for at least 8 hours or up to (but not more than) 24 hours.

When ready to cook the chicken, preheat the oven to 300 degrees. Set a wire rack on a sheet pan and place them in the oven.

In a large bowl, whisk together the flour, baking powder, paprika, cayenne pepper, celery salt, 1 tablespoon kosher salt, and 1½ teaspoons black pepper and set aside.

Pour oil into a medium (9-inch round × 4½-inch high) Dutch oven, such as Le Creuset, until it is 2 inches deep. Clip on a candy thermometer and heat the oil over high heat until it reaches 350 degrees. Meanwhile, lift the chicken from the marinade, dredge it in the flour mixture, submerge it again in the marinade, then again in the flour mixture, lightly shaking off the excess. Transfer the chicken to a plate or sheet pan until ready to fry.

When the oil is 350 degrees, carefully lower 3 pieces into the oil with tongs and adjust the heat to keep the oil at 350 degrees. Don’t crowd the chicken! Cook for 5 minutes, turning once to brown evenly. With a slotted spoon, transfer the chicken to the sheet pan in the oven to keep warm. Repeat with the remaining chicken. Sprinkle all the chicken with salt and keep warm for up to 15 minutes, until ready to serve.

To assemble, place the bottom of each bun on a plate, spread with some of the Buttermilk Herb Mayo, then a lettuce leaf, 4 pickle slices, then a piece of chicken. Spread the underside of the top bun generously with more of the mayo and place on top of the chicken, mayo side down. Serve while the chicken is still warm.

Copyright 2018, Cook Like a Pro, Clarkson Potter/Publishers, All Rights Reserved


Preparação

Passo 1

Whisk mustard, Worcestershire, garlic, 2 Tbsp. lemon juice, and 2 tsp. black pepper in a medium bowl. Whisking constantly, stream in ⅓ cup oil until emulsified. Transfer half of marinade to a small bowl, then whisk in mayonnaise and cornichons (this will be the special sauce). Season mayo dressing with salt set aside.

Passo 2

Season chicken thighs with salt and add to medium bowl with remaining marinade. Toss to coat. Let sit at room temperature, tossing occasionally, at least 30 minutes, or chill up to 4 hours.

Etapa 3

Prepare uma grelha para fogo médio-alto. Lightly oil grate. Grill chicken, turning once halfway through, until well charred and cooked through, 8–10 minutes. Transfer to a platter and let rest 5 minutes. If you have 6 chicken thighs, cut 2 of them in half and use 1½ thighs per sandwich.

Passo 4

Grill buns cut side down until lightly charred, about 30 seconds. Transfer to platter with chicken.

Etapa 5

While chicken rests, coarsely chop fennel fronds. Toss fronds, sliced fennel, basil, red pepper flakes (if using), and remaining 2 tsp. oil and 2 tsp. lemon juice in a medium bowl season with salt and black pepper.

Etapa 6

Spread reserved mayonnaise dressing on cut sides of each bun. Arrange 1–2 lettuce leaves and sliced tomato on bottom halves. Top each with chicken, then arrange fennel salad over. Close sandwiches with top buns.

How would you rate Grilled Chicken Sandwich with Caesar-ish Dressing?

Omg yummm! Love anything by Molly, but this was especially good! Added some mayo to the fennel slaw, other than that kept it the same. Cannot recommend this recipe enough.

This recipe was easy and AMAZING. A total hit, and the chicken was really flavorful. I’ll definitely be making this again and again now that I’ve found it. Go with the chicken thighs, you won’t be disappointed!

This is the best chicken sandwich I have ever eaten. My wife said it's the best thing I've ever cooked. Every ingredient complements each other perfectly. Total winner. I made one small change. The mayo dressing was too mayonaisy for me so I added a little more lemon, worcestershire sauce and dijon.

Surpreendente! Simply amazing recipe! No doubt the BEST chicken sandwich EVER. Has become a staple in the dinner line-up and have made multiple times! Simple, easy to follow recipe if you are a beginner in the kitchen and would impress anyone with taste-buds that work! And folks. don't sell the sandwich short with boring chicken breast. give those thighs some LOVE. you won't be disappointed! Much more tender, juicy and flavorful! Thanks for the great recipe Molly!

Oh YUM! This sandwich was fantastic! I used skinless, boneless chicken breast instead of thighs, and put them in the sous vide for a few hours before grilling. The marinade is delicious and would make just a fantastic marinade on its own. I thought it sounded like too many cornichons so I only added half the amount. Sure nough, while eating I thought the sandwich use a bit more acid. So don't be afraid of the pickle! The fennel salad was a nice accompaniment and not strong in flavor at all. Am saying that for all the fennel haters out there. You'll love it - don't worry! I ate the leftover dressing with celery stalks the next day and it was yummy. Will absolutely make again!

These were insanely good. Would 100% make again and not change a dang thing. I made them with chicken breasts because it was all I had on hand, but the thighs is the way to go so you don't have a sando gloriously falling apart in your hands. Either way it's a winner. Thanks, Molly.

It was good but a little salty. I do not think salt needs to be added to each component as the mayo dressing and fennel salad already have flavour therefore I recommend only adding salt to the chicken and nothing else.

I mean just WOW. So good - would make double sauce next time and double chicken because bigger would have been better. But overall its soooo delicious

This Chicken sandwich hits the spot. It does taste ceasar'ish. The Cornichons are awesome in the sauce which making more sauce is a must. Really really good overall.

Simply the best chicken chicken sandwich I’ve ever eaten. Stop looking at Chicken sandwich recipes.. make this one and save it because you will want this again.

My son made this for me for Mother's Day - it was the BEST chicken sandwich I ever ate in my life. The dressing was to die for, and each component was perfect. Just loved this - wouldn't change a thing.

I’ve made this recipe many times - lately indoors on cast iron as it’s a bit too chilly for grilling. We love just making it as a giant salad displayed on a platter, sometimes with fried toast triangles on the side. It’s especially perfect for lunch with guests. Todo mundo adora!

These were so incredibly delicious! The mustard-y caesar sauce provided the most amazing tang and the fennel slaw brought so much freshness and crunch. Absolutely loved these sandwiches

Moncton, New Brunswick, Canada

This is the tastiest chicken sandwich I've ever had. It's easy to make


Método

Make your pink-pickled onions in advance: at least 2 hours, and up to 24. Put the onion into a jar or bowl and cover with the vinegar (or lime juice), pressing down on the onions. Cover and leave the onions to steep.

Pour the kefir, buttermilk or yoghurt into a small dish and stir in the ½ teaspoon of paprika, ½ teaspoon of salt, lemon juice, mustard, maple syrup and garlic. Add the chicken and turn to coat in the marinade. Cover the dish, then leave in the fridge for at least 4 hours or up to 2 days. (If you simply cannot wait that long, leave the chicken out on the kitchen counter for 20–40 minutes.)

Take the chicken out of the fridge in good time to get to room temperature before you start to cook it.

Mix the flour with the remaining ¼ teaspoon each of paprika and salt in a shallow dish. Lift the chicken out of the marinade, but don’t try and shake it off. Dredge both sides of the chicken in the seasoned flour, then dip briefly back into the marinade and dredge again. This double-dredging is essential to get a thick, shaggy coating. You can leave the coated chicken in the flour dish until you fry.

Mix the garlic mayonnaise with the chilli oil and honey, and spread over both sides of a split burger bun (or a couple of slices of bread). Put a plate lined with kitchen paper by (but not dangerously near) the hob, if you want to get rid of any excess fat once the chicken’s cooked.

Pour enough oil into a deep, heavy-bottomed saucepan to come about 3½cm/1⅓in up the sides. Heat until a small piece of bread becomes golden and crisp almost instantly if you have a food thermometer, you want the fat to be at 190°C when the chicken goes in. (CAUTION: hot oil can be dangerous. Do not leave unattended.) Using tongs, gently lower the chicken into the hot oil, and cook for 3–4 minutes on each side, until the coating is deep gold and very crisp and the chicken is completely cooked through. Drain on the paper-lined plate and leave to stand (for a couple of minutes) while you shred some iceberg lettuce and get out your pickles.

Put a handful of lettuce on the mayo on the bottom of the bun, top with the fried chicken, add kimchi and pink-pickled onions, scatter with a bit more lettuce and squidge on the top of the bun. Go in cautiously: I have more than once burned my mouth.

Recipe Tips

For the pink-pickled onions, use a whole onion if you prefer, as you will find yourself adding them to much else. Chinese crispy chilli oil is a staple in my kitchen but really, any chilli component works along with the mayonnaise if using a sweeter sauce though omit the honey.


British Sandwich Week: Five unusual sarnies to perk up your WFH lunch

s there a better way to celebrate British Sandwich Week than to plan to eat a sandwich every day for the rest of the week? We don’t think so.

The sandwich is an incredible invention, made better by the fact you can put just about anything between two slices of bread and no matter which way you slice it, it will be satisfying. Rushing somewhere? Sandwich on the go. Got a whole afternoon to waste? Think about how you can create your personal masterpiece.

As a creative outlet, sandwiches are an excellent sandbox for testing new flavour and texture combinations and inventing new ways to use up leftovers. Sometimes that means getting a little weird, but that’s okay. We’re not judging.

To get you started, we’ve rounded up five unusual sandwich combinations from top chefs and food writers you can try at home to make WFH lunches more exciting.

Leftover Sunday lunch sarnie

Recommended

Created by Max Halley of Max’s Sandwich Shop, this is a Sunday lunch sandwich with all the trimmings, and the extra-crunchy addition of Walkers Marmite crisps.

This sandwich uses leftover roast chicken roast potatoes stuffing balls cooked carrots half a raw onion horseradish sauce mayonnaise juice of half a lemon gravy a mini ciabatta and crushed Marmite crisps.

Our biggest question is: How does he fit all of this into a sandwich? The secret appears to be in mashing the potatoes, stuffing and carrots together to make patties, like bubble-and-squeak.

You can find the recipe and instructions aqui.

Monster Munch sandwich

This recipe comes courtesy of Andy Canter, from cooking blog Cooked Best, and starts with the phrase: “Please don’t judge me…”

Ele disse O Independente: “First, you are going to want to get some soft white bread, none of the fancy sourdough stuff. You are going to want to butter both sides with copious amounts of butter, edge to edge. Leave no crumb unbuttered.

“Here is when we go off-piste a little. Grab yourself a packet of Pickled Onion flavour Monster Munch and smash the hell out of it until you are left with a breadcrumb like consistency.

“Mix the ground-up Monster Munch with Philadelphia full-fat cream cheese until completely combined. Season with some pepper and a squeeze of lemon juice.

“Spread the mixture onto one slice of bread - use it all. Leave no Munch behind. Then chop thin slices of apple and layer them on top of the Munch mixture for a hit of health and freshness. Whack on the other side of the bread and away you go.”

We did say “unusual combinations”…

Caramelised tofu, antipasti and pesto open sandwich

This tofu sandwich recipe from Hortense Julienne, founder of snack company Miss Nang Treats, is just the ticket to get more plant-based food into your day.

Blend fresh basil, garlic, silken tofu, walnuts, walnut oil, salt and pepper into a paste for the pesto and set aside.

Then cut a block of smoked tofu into 1cm-thick sticks, like fries, and sprinkle with salt, thyme and pepper. Put some brown sugar into a frying pan to melt and caramelise before adding the tofu sticks, turning to make sure the caramel covers each stick. Cook till crispy for one minute on each side.

Julienne suggests using pre-cooked mini baguette rolls for this recipe, but freshly toasted white bread slices will work just as well. After baking the rolls leave to cool for five minutes before slicing them in half lengthways. Then spread a generous amount of pesto on the bread and layer with coriander, beetroot, sweet pepper and the caramelised tofu sticks.

Find the full recipe with quantities and more detailed instructions aqui.

Buttery mashed potato sandwich

This recipe is inspired by the grandmother of Simon Hulstone, chef owner of Michelin-starred restaurant The Elephant in Torquay. She would leave slices of white bread on the table and anything leftover from Sunday lunch went into the bread, he told O Independente.

As a child, Mr Hulstone only ever had Smash instant mashed potatoes, but this can be replaced with any leftover mashed potatoes that are reheated. This sandwich also definitely breaks the rules around requiring crunch in sandwiches - but then, rules are made to be broken!

Make up a packet of Smash as per the packet instructions and season well, and heat up any leftover gravy you might have laying around.

Generously butter two slices of fresh, soft white bread. Dollop a couple of spoons of the Smash (or mashed potato) between the bread and enjoy.

Corned beef and cheese sandwich

This recipe by Luke Tipping, chef director at Simpsons restaurant in Edgbaston, is excellent for using cupboard and fridge staples.

“This combination works best on slices of fresh, multi-grain bread and a hard cheese such as cheddar or Gruyere,” Mr Tipping told O Independente.

Butter each slice of bread, then slice the corned beef and cheese. Place the corned beef on the sandwich and follow with the cheese slices.

To really bring out the flavour, smother the inside of the sandwich with brown sauce. “To take it to another level pop it into a Breville or Toastie Machine for a few minutes but make sure that you let it cool a little before eating as the brown sauce will be hot!”


Sandwich recipes

Ah, the sandwich. Once considered a bland but reliable lunch staple, sandwiches have enjoyed a recent resurgence in popularity thanks to the ever increasing number of cafés and sandwich shops competing to outdo one another with the quality and creativity of their products. Indeed, the sandwich is a canvas on which one can be endlessly creative - meats, cheese, salad sauces, bread type. not to mention the decision between serving it hot or cold.

This varied collection of sandwich recipes should provide plenty of inspiration for livening up your lunch. Nathan Outlaw's Bacon and egg club sandwich recipe is a triple layered, cheese filled treat not for the faint hearted, while Oliver Denton's Pulled beef rolls are equally packed with filling and flavour. At the daintier end of the spectrum Helen Graves shares a recipe for Cucumber sandwiches, the perfect light savoury bite to accompany an afternoon tea, and her ultimate Egg mayonnaise sandwich recipe puts the definitive spin on this well loved classic.


Assista o vídeo: Expiration Date (Outubro 2021).