Novas receitas

O objetivo do R'evolution é desenvolver a culinária de Nova Orleans

O objetivo do R'evolution é desenvolver a culinária de Nova Orleans

Por quase dois anos, John Folse e Rick Tramonto têm trabalhado no R'evolution, um restaurante programado para abrir no French Quarter de Nova Orleans em abril, logo antes do Jazz & Heritage Festival de 27 de abril a 6 de maio, no que provavelmente será uma das maiores inaugurações de restaurantes requintados de 2012.

O restaurante, agora em construção no Royal Sonesta Hotel, pretende ser uma homenagem à tradicional cozinha crioula da cidade, expressa num contexto moderno.

Folse opera uma série de operações de boutique de alimentos, incluindo fabricação de queijos, por meio de seu Chef John Folse & Co. em Gonzales, Louisiana. Ele conheceu Tramonto, que cresceu em Nova York e passou a maior parte de sua carreira de chef em Chicago, em um queijo jantar no restaurante Tru, onde Tramonto foi chef executivo de 1999 a 2010. A amizade deles cresceu depois do furacão Katrina, quando Tramonto foi à Louisiana para ajudar a cozinhar para funcionários da FEMA e outros necessitados.

O restaurante terá 180 lugares, mais 50 no bar, e terá uma adega de 10.000 garrafas. Chris Lusk, mais recentemente chef executivo do Café Adelaide, um restaurante da família Brennan também em Nova Orleans, será o chef de cozinha.

O restaurante foi projetado pelo The Johnson Studio de Atlanta, que também projetou Tru.

Nation’s Restaurant News conversou recentemente com Folse e Tramonto sobre seus planos para o novo restaurante.

Qual é a sua visão para este restaurante?

Tramonto: Estamos voltando para a história desses pratos e olhando para eles novamente com um novo par de olhos. Estou aprendendo com John sobre as nuances de um roux, da sopa de tartaruga, aprendendo desde o início e, em seguida, filtrando-os novamente através de minha própria perspectiva.

Folse: A culinária de Nova Orleans evoluiu das culinárias nativa americana, francesa, espanhola, alemã, africana, inglesa e italiana. À medida que essas culturas diferentes chegaram, todas se adaptaram ao que estava lá. A paella se tornou jambalaya, a bouillabaisse se tornou gumbo. Essa evolução continua com novas culturas emergentes aqui, como os vietnamitas e outros asiáticos.

Estamos fazendo a mesma coisa - reexaminando ervas e temperos locais, como sassafrás. O que tornou esta culinária excitante em primeiro lugar foi a evolução à medida que novos cozinheiros chegavam.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou em 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe de franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está muitas vezes além dos meios da maioria das empresas, exigindo grandes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias que não são realizadas há muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Quer seja previsão de vendas e gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, para melhorar a produtividade por meio da automação de atendimento ao cliente e reuniões de suporte, para tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Franquia 2.0: como as marcas podem prosperar aproveitando tecnologias inovadoras

O setor de franquia continua a crescer cada vez mais, com muitos franqueadores observando uma aceitação significativa de licenças por parte de pessoas que buscam a oportunidade de possuir um modelo de negócios comprovado e começar a trabalhar imediatamente. Entre 2015 e 2018, o número de franquias do Reino Unido aumentou 10 por cento para 48.6000, de acordo com a última British Franchise Association (BFA) / NatWest Franchise Survey. Avance para 2020 e o setor é descrito como “florescente” por Andrew Brattesani, chefe da franquia do HSBC Reino Unido, que viu o banco conquistar centenas de novos clientes.

Naturalmente, ver tantas franquias se expandindo, especialmente durante uma recessão, é uma notícia fantástica, mas deve-se levar em consideração as implicações de tal crescimento repentino. Por exemplo, um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas. Não fazer isso provavelmente resultará no fracasso dos franqueados em suas metas de vendas, o que pode ser desastroso para a franquia como um todo. Para mitigar isso, deve haver ênfase em garantir a comunicação regular e a aderência aos sistemas e procedimentos. No entanto, quanto mais a rede cresce, maior é a administração e a supervisão necessárias para gerenciá-la. Isso pode testar a organização e a eficiência de qualquer empresa, que, na maioria das vezes, terá de desenvolver novas maneiras de fazer as coisas.

“Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo”

A solução mais eficaz para isso é provavelmente tecnológica. Não é segredo que a tecnologia se tornou um ativo valioso para todos os tipos de negócios. Em muitos setores, “transformação digital” tornou-se uma frase comumente ouvida, que em seu nível mais básico é usada para descrever a adoção de novas tecnologias pelas empresas, a fim de automatizar áreas-chave como folha de pagamento ou vendas. Fazer isso é cada vez mais considerado uma atividade comercial essencial, ajudando a reduzir custos operacionais, melhorar a produtividade, aumentar os lucros e gerar uma experiência geral melhor para o cliente. Não é de admirar que os gastos mundiais com TI sejam projetados em um total de US $ 3,8 trilhões em 2021, um aumento de 4% a partir de 2020, de acordo com a última previsão da empresa global de pesquisa e consultoria Gartner.

No entanto, alcançar uma transformação digital genuína está frequentemente além dos meios da maioria das empresas, exigindo enormes investimentos, mudanças organizacionais fundamentais e requalificação de funcionários, sem garantia de sucesso. Os custos podem chegar à casa dos milhares, senão milhões, e mesmo quando alcançados, economias não realizadas por muitos anos.

O primeiro passo essencial para a transformação digital

A realidade é que alcançar a transformação digital deve ser um objetivo de longo prazo, mas isso não significa que as franquias não possam aproveitar imediatamente muitas das mesmas tecnologias que são empregadas pelas empresas mais bem-sucedidas do mundo. No entanto, com tantas ferramentas digitais emergindo em um ritmo cada vez mais rápido, o desafio para os franqueadores é descobrir em quais eles devem investir agora para garantir o crescimento das vendas e a coesão organizacional.

O Customer Relationship Management (CRM) é um exemplo claro de software crítico para os negócios e muitas vezes é o primeiro passo para se tornar digital, sendo capaz de automatizar várias tarefas rotineiras para melhorar a eficiência dos negócios. Um franqueador pode usá-lo para armazenar, atualizar e analisar informações do franqueado, monitorar datas de renovação de contratos, construir relacionamentos mais fortes em sua rede e gerenciar dados de vendas e consultas.

Por exemplo, um CRM pode eliminar consultas inadequadas de licenciados e, ao mesmo tempo, agrupar potenciais clientes potenciais, antes de armazenar os dados com segurança em um formato facilmente acessível. Imediatamente depois, pode ser passado para a equipe de vendas do franqueador para processamento. As tarefas administrativas demoradas são atenuadas, permitindo que as equipes de vendas se concentrem no que fazem melhor. Também ajuda a construir relacionamentos mais profundos e eficazes dentro das redes de franquia, porque as interações com elas podem ser facilmente acessadas para entender seu valor financeiro e prever suas necessidades futuras.

“Um franqueador deve ser capaz de monitorar o desempenho de cada unidade em sua rede e também identificar rapidamente quando surgem problemas”

Analisar dados para criar percepções de negócios significativas é uma função primária do software de CRM, seja o desempenho individual de departamentos internos, franquias ou leads. Além disso, um CRM será capaz de criar materiais de comunicação adequados e personalizados usando as mesmas informações para interagir de forma proativa e adequada com eles. Isso pode ser qualquer coisa, desde o envio de mensagens comemorativas quando os negócios estão indo bem ou simples lembretes para garantir que as atividades pertinentes sejam acionadas.

Também deve ser destacado que um bom CRM armazena seu banco de dados com segurança na nuvem dando acesso apenas para quem você quiser, quando quiser. Os registros individuais podem ser bloqueados para membros específicos da equipe, equipes de vendas ou regiões, ou bloqueados para que não possam ser acessados ​​ou exportados. Todas as ações são registradas no CRM para que você possa ver quando os itens foram alterados e por quem. As chances de perda de dados ou de inserção incorreta são totalmente minimizadas.

Portanto, por meio de supervisão e organização adequadas, um CRM ajuda a garantir padrões e valores compartilhados, alto desempenho, confiança mútua e comunicação eficaz, que são essenciais para o sucesso das organizações de franquia.

Provando o valor do CRM

Nos últimos anos, o CRM é algo em que franquias de todos os tamanhos estão investindo. Analistas de vendas e serviços líderes do setor e provedor de treinamento, 59club, é um exemplo de franqueador de sucesso que se expandiu rapidamente usando um modelo de franquia eficaz desde sua criação em 2007. Líder de mercado no fornecimento de programas de gestão de desempenho sob medida para as indústrias de golfe, lazer, spa, eventos, F & ampB e hotelaria, 59club concluiu recentemente o lançamento de um novo sistema de CRM para franquias em todo o Reino Unido, Europa, o Oriente Médio, África, Ásia e Estados Unidos.

Seu objetivo é garantir coesão e eficiência em toda a rede da empresa, mas também apoiar melhor as franquias membros por meio de tecnologia e dados estatísticos, aprimorando os serviços que oferecem aos seus clientes. Seja na previsão de vendas e no gerenciamento de oportunidades de negócios em potencial, na melhoria da produtividade por meio da automação do atendimento ao cliente e reuniões de suporte, até tarefas administrativas básicas, como faturamento.

Da mesma forma, o Escritório Nacional do BNI para o Reino Unido e a Irlanda tem feito esforços para apoiar seus membros durante as difíceis condições econômicas causadas pelo coronavírus. Quer seja através da construção das suas redes profissionais, apoiando o seu desenvolvimento como líderes confiantes, quer garantindo as condições ideais para a criação de oportunidades de negócio. Com até 500 Capítulos locais reunidos todas as semanas e mais sendo criados diariamente, é vital que os sistemas estejam em vigor para garantir que os mais altos padrões do BNI sejam mantidos e atividades como marketing e vendas apoiem os objetivos organizacionais.

Portanto, o BNI está atualmente investindo em uma solução de software sob medida que aumentaria sua oferta aos membros, mas também elevaria as vendas, apoiaria o gerenciamento de leads e garantiria responsabilidade. Quando finalizada, sua plataforma de CRM aumentará e automatizará os processos de marketing existentes, garantindo que os detalhes dos membros sejam armazenados sem esforço, seguros e acessíveis. Além disso, novas consultas serão facilmente rastreáveis, com lembretes para garantir respostas oportunas.

A tecnologia certa pode mudar o jogo para as franquias

Com a economia global enfrentando uma “recuperação econômica lenta e desafiadora”, de acordo com o Banco Mundial, as empresas terão que fazer economias de eficiência e decisões informadas e baseadas em dados para prosperar em mercados adversos. Dado que os líderes do setor de franquia entendem e investem continuamente em seu CRM, deve ficar claro que a tecnologia tem valor. Isso não significa que você precise investir grandes quantias de receita para garantir um CRM de alto desempenho. Existem várias opções de mercado com uma infinidade de recursos e etiquetas de preços. O importante é que você encontre aquele que é melhor para você. Lembre-se, porém, que o treinamento no uso do seu CRM deve sempre fazer parte do seu pacote, assim como a implementação e o suporte. Afinal, para obter o máximo do seu CRM, todos precisam saber utilizá-lo, mas também entender como ele os beneficiará.

Adam Hannath é diretor de vendas da BuddyCRM, uma solução de CRM desenvolvida por vendedores para vendedores.

Global Franchise Meets.

Uma nova série de vídeos inspiradores na web, onde encontramos os líderes empresariais e influenciadores da franquia internacional.


Assista o vídeo: Bate-Papo com Brasileiro recém chegado em New Orleans!!! (Novembro 2021).